Chip derruba receita da Intel

Tamanho da fonte: -A+A

Um defeito encontrado em um microprocessador da Intel fez a empresa cortar a previsão de receita do primeiro trimestre em US$ 300 milhões.

Segundo a agência Reuters, o custo para reparar e substituir o chip é de US$ 700 milhões.

Na avaliação de analistas, o impacto financeiro é insignificante, mas o problema irá manchar a reputação da Intel, pelo menos temporariamente.

A companhia afirmou que não espera que o problema, que atingiu o chip chamado de Cougar Point, tenha um efeito significativo na receita do ano todo. No fim de fevereiro, ela deve entregar a consumidores uma versão atualizada do chip.

Com o problema, a margem bruta da empresa deve reduzir cerca de 4 pontos percentuais nos primeiros três meses de 2011.

A companhia também terá custos adicionais no primeiro trimestre de 2011, que vão diminuir sua margem bruta em 2 pontos percentuais.

"É um ponto negativo pequeno e não é uma questão tão importante quanto parece. É obviamente um constrangimento, mas não um grande problema para a companhia", minimiza Brendan Furlong, analista do Miller Tabak.