Tamanho da fonte: -A+A

A Intel lança nesta quarta-feira, 31, novos processadores para o mercado corporativo: dois da linha de vPro - Core i5 e Core i7 - e outros três da família Xeon - 5600, 7500 e 6500.

Entre os diferenciais dos modelos da família VPro, que mantém o foco em gerenciamento remoto, estão capacidade de transferência de uma tela gráfica para o console de gerenciamento e o suporte à tecnologia KVM -keybord-video-mouse nativas no hardware.

A tecnologia KVM permite o gerenciamento remoto da máquina mesmo com a rede ou o sistema operacional inoperantes, e está disponível em notebook e desktop, sendo que neste último apenas para o modelo Core i5.

Segundo informações da Intel, empresas como HP, Lenovo, Dell, Itautec e Accept já estão preparadas para receber pedidos dos novos modelos da linha Vpro.

Já os processadores Xeon da série 5600, de 32 nanômetros, são direcionados para ambientes virtualizados que façam uso de servidores com dois processadores.

O equipamento promete alta eficiência no consumo energético - 30% menor que os modelos da série Xeon 5500 - ganho de performance da ordem de 60% e segurança AES e TXT, com recursos de criptografia e decriptografia de dados intrínsecos no processador.

Segundo a fabricante, a disponibilidade de servidores e workstations baseados nos Xeon 5600 para o Brasil deve ser anunciada pelas empresas ao longo do mês de abril.

Os processadores Xeon das séries 7500 e 6500, por sua vez, são direcionados a ambientes de missão crítica, e garantem aumento médio de três vezes na velocidade de processamento e 29 novas características de confiabilidade - funcionalidades RAS.

A diferença entre eles é a de que o 6500 pode ser uma máquia duo processada, enquanto o 7500 parte do uso de quatro chips, podendo atingir até 256 chips por servidor.

No Brasil, a previsão é de que Bull, Cisco, Dell, Fujtisu, HP, IBM, Oracle, SGI e Itautec tenham máquinas que usam o processador.