Hackers pregaram uma peça em milhares de norte-americanos nessa segunda-feira, 04, feriado do Dia da Independência nos Estados Unidos, depois que anunciaram a morte do presidente Barack Obama no perfil do Twitter da rede Foxnews.

A emissora reconheceu a invasão e pediu desculpas pelos transtornos.

Segundo a mensagem publicada pelos invasores, o presidente teria sido assassinado a tiros nessa segunda-feira. Além disso, desejavam sorte ao novo ocupante e mandavam pêsames à família.

De acordo com o site IDG Now, além, cibercriminosos continuaram ativos também no Brasil.

Batalha sem fim
Em entrevista concedida à publicação universitária Think Magazine, os responsáveis pelo ataque  disseram que mantêm relações muito próximas ao Anonymous.

O grupo recentemente respondeu por várias invasões nos Estados Unidos, especialmente em retaliação pela prisão e processos judiciais conta Julian Assange, cofundador do WikiLeaks.

Os invasores do Twitter da Foxnews se identificou como The Script Kiddies (Garotos do Script, numa tradução livre), na entrevista.

“Alguns de nós já foram membros do Anonymous”, revela um dos invasores.

Ainda conforme a entrevista, o objetivo principal desse grupo é encontrar informações sobre corporações para ajudar o Antisec, e ameaçam “será uma batalha sem fim”.

No último domingo, 03, o site da Microsoft Brasil fio aparentemente desviado por um hacker, que se identificou como TG.