A Trendwatching consultoria de tendências com sede na Holanda com observadores de tendências em 120 países, divulgou nesta segunda-feira, 05, sua aposta nas tendências para o ano de 2011.

O material será enviado para 160 mil profissionais da área de negócios em mais de 180 países. Confira abaixo as principais tendências. O material completo está no link relacionado abaixo.  
             
1) Atos aleatórios de gentileza

Em 2011, aguarde o monitoramento, pelas empresas, do astral público dos consumidores e ação em relação a eles com atos aleatórios de gentileza.

2) Urbanomics
Estão as marcas prontas para milhões de consumidores urbanos mais ousados e mais experientes?

3) Pandemônio de preços
Vendas flash, compras em grupo, negócios guiados por GPS: em 2011, os preços jamais serão os mesmos...

4) Feito para a China (se não para o BRIC)
Em 2011, espere um crescente número de marcas ' ocidentais' lançando novos produtos ou mesmo novas marcas ( se não pagando o respeito apropriado) para consumidores em mercados emergentes...

5) Símbolos de status online
Marcas não vão errar se proverem seus clientes com qualquer tipo de símbolo, virtual ou de ' mundo real', que os ajude a exibir para seus pares suas contribuições online, criações ou popularidade...

6) Wellthy
Um crescente número de consumidores vai esperar que produtos e serviços de saúde em 2011 previnam a miséria, se não melhoram sua qualidade de vida, mais do que meramente tratar doenças e mal-estares...

7) Social-lites
Observe como consumidores se tornam curadores: difundindo, compilando, comentando, compartilhando e recomendando conteúdo, produtos, compras, experiências  tantos para seus amigos e públicos ainda maiores...

8) Generosidade emergente
Em 2011, marcas e indivíduos abastados de mercados emergentes deverão cada vez mais dar e cuidar contra apenas vender e tomar…

9) Espontaneidade planejada
Para consumidores urbanos conectados, amantes do tempo real, que têm pouca experiência de fazer ou ater-se a planos rígidos, 2011 verá uma completa espontaneidade planejada...

10) Eco-superior
Quando o assunto é ' consumo verde', em 2011 aguarde um crescimento de produtos que são não somente ecologicamente favoráveis, mas superior aos agentes poluentes de todas as maneiras possíveis...

11) Sem dono (owner-less)
2011 poderia ser o ano em quando o compartilhamento e o arrendamento realmente tocam a consciência do consumidor comum, à medida que grandes marcas e governos colocam seu peso atrás deste mudança cultural...