Bayard: retorno com marketing digital

08/07/2010 09:35

Após contratar a Cadastra, agência gaúcha de search engine marketing, a rede varejista de artigos esportivos Bayard viu sua receita aumentar 500% e a taxa de conversão em vendas na loja virtual melhorar 18%.

“Tivemos um incremento considerável de vendas e do número de cliques na loja on line desde o início da parceria,” afirma Kátia de Paula, Gerente de Planejamento e Operações da Bayard.

Tamanho da fonte: -A+A

Após contratar a Cadastra, agência gaúcha de search engine marketing, a rede varejista de artigos esportivos Bayard viu sua receita aumentar 500% e a taxa de conversão em vendas na loja virtual melhorar 18%.

“Tivemos um incremento considerável de vendas e do número de cliques na loja on line desde o início da parceria,” afirma Kátia de Paula, Gerente de Planejamento e Operações da Bayard.

Presente no mercado brasileiro desde 1955, a Bayard possui dez lojas em São Paulo. Seu site registra mensalmente cerca de 110 mil visitantes únicos e 615 mil page views.

A parceria com a Cadastra tinha objetivo de tornar a loja mais conhecida fora de São Paulo.

Para isso, a empresa apostou em melhorar a visibilidade do site da Google.

A cada lançamento e novidades em peças exclusivas, a Cadastra apresenta sugestões de novas keywords para aumento da probabilidade no número de cliques pela posição da marca no Google.

Desde o fechamento da parceria, o número de impressões saltou 701%. Outro reflexo do investimento em marketing online com a Cadastra foi observado no volume de vendas e no ROI mensal das campanhas que vem aumentando gradualmente, afirma Kátia.

Veja também

Agência troca foco em veículos por público

A Empório de Mídia, agência digital paulista, anuncia nesta terça-feira, 15, a reformulação de seu posicionamento no mercado e um novo conceito de publicidade digital focado em audiências, diferente do modelo atual baseado na compra de espaços nos veículos.

Segundo a empresa, o foco passa a ser a “concentração de audiências” nas cinco principais plataformas digitais: display, social media, database marketing, mobile marketing e search marketing.

Cadastra investe R$ 1,5 mi para crescer 100%

A agência gaúcha Cadastra, especializada em Search Engine Marketing, pretende encerrar o ano fiscal de 2010 com faturamento 100% superior a 2009. Para concretizar o plano de crescimento, a agência vem fazendo investimentos desde os últimos meses de 2009.

"Somando infraestrutura, TI e pessoal, os investimentos irão ultrapassar mais de R$ 1,5 milhão em 2010", afirma Tomás Trojan, Diretor de Planejamento e Novos Negócios da Cadastra.

Eletrocell: R$ 250 mil em e-commerce

A rede de lojas de eletrônicos Eletrocell investiu, recentemente, R$ 250 mil na reformulação de seu e-commerce que passa a ser baseado na plataforma da Ikeda.

Oferecendo produtos como celulares, câmeras, filmadoras, games e produtos de informática, a loja  deve faturar R$10 milhões em 2010.

WBI: campanha online para Keko

A WBI Brasil, empresa porto-alegrense especializada em marketing digital, será a responsável pela campanha online da Keko, empresa de fabricação de acessórios para veículos.

Segundo Nahara Kunrath, executiva de Mídia da SPR Comunicação – agência responsável pelas campanhas offline – o contato com a empresa ocorreu a partir da necessidade de atendimento de demandas específicas de um grupo de clientes da agência.

Elaser otimiza site com WBI Brasil

Após aderir a campanhas de links patrocinados, a empresa paulista Elaser - dedicada a venda de cartuchos de tinta - passa a investir também na otimização de seu site, que ficará a cargo da porto-alegrense WBI Brasil.

A primeira fase do trabalho de Search Engine Optimization (SEO) consistirá na verificação da programação do site para detectar possíveis códigos e configurações que devam ser alterados para uma maior indexação pelos buscadores.

Cadastra cresceu 90% em 2009
A Cadastra, agência paulista de Search Engine Marketinganuncia nesta terça-feira, 19, que registrou crescimento de 90% no seu faturamento em 2009.

Segundo a empresa, contribuíram para o resultado o crescimento da demanda por serviços de consultoria em métricas e web analytics, a criação do departamento de Social Media Marketing, a aquisição de contas como Polishop e Editora Globo, entre outros.