http://www.flickr.com/photos/derekgavey/4320482469/

A empresa de e-commerce de vinhos Wine investirá R$ 1,5 milhão no desenvolvimento de serviços para gestão de dados e cloud computing até o final deste ano.

Parte do investimento será para implementação de uma solução de arquitetura orientada para serviços, que será suportada por 12 servidores próprios com grande poder de processamento e com uma série de aplicações distribuídas.

O objetivo é alcançar uma maior integração de processos, aumentar a rapidez de processamento e diminuir o tempo de resposta dos aplicativos.

A virtualização permitirá que a área de TI da Wine centralize e gerencie milhares de dados simultaneamente, além de reduzir a complexidade do ambiente de processamento.

“Aproveitamos os recursos físicos que a Wine tinha e implementamos o cloud computing privado. Agora a webstore ficou ainda mais segura e estável”, comenta Paulo Jeveaux, diretor da Giran, empresa responsável pelo software house da Wine.

Atualmente, a loja online da Wine recebe todos os meses a visita de 200 mil usuários e atende 30 mil clientes ativos.

Para 2011, a estimativa é que o cadastro de clientes que compram regularmente todos os meses passe para 40 mil. Com esta iniciativa, a Wine passa a ser uma operação de e-commerce vertical pioneira no Brasil em ter sua própria rede em nuvem com servidores privados.

Segundo dados do IDC (International Data Corporation), 18% das companhias brasileiras de médio e grande porte já adotaram algum conceito de computação em nuvem.

Entre os parceiros de TI da Wine estão a Giran, a DB Master, a Oracle, a Nexa e a Alog.