Tamanho da fonte: -A+A

O ranking de queixas da associação de consumidores Proteste de 2010 foi liderado pelo e-commerce.

Segundo dados da entidade, foram registradas 5.474 reclamações contra sites de comércio eletrônico no ano passado, mais que as relacionadas a cartão de crédito (1.729), telefonia móvel (1.571) e Internet banda larga (1.051).

Em comunicado, a Proteste afirmou que os números sinalizam que as empresas de comércio eletrônico não se “estruturaram adequadamente para dar conta da demanda”.

Das 10 empresas mais citadas nas reclamações, apenas duas - Itaú e Banco do Brasil - não tem relação com serviços de tecnologia.

A lista completa inclui Oi/Telemar (1.065 casos), Itaú (673 casos), Claro (572 casos), Net (523 casos), Americanas.com (497 casos), Comprafácil (493 casos), TIM (490 casos), Banco do Brasil (480 casos), Vivo (460 casos) e Shoptime (361 casos).