Tamanho da fonte: -A+A

A Morya Brasil, agência de propaganda baiana que teve uma parcela majoritária adquirida pelo Grupo ABC do publicitário Nizan Guanaes em novembro do ano passado, é mais uma grande empresa do ramo a incrementar investimentos no Rio Grande do Sul.

 
A empresa anunciou nesta terça-feira, 10, a entrada na operação Porto Alegre de Lara Piccoli e Fábio Bernardi, dois ex-colaboradores da gaúcha Paim, nos cargos de sócia-diretora de Planejamento e sócio-diretor de Criação, respectivamente.
 
O objetivo é aumentar os negócios locais, que hoje contemplam o atendimento do das bandeiras BIG e TodoDia, do Walmart, além Do Moinhos Shopping, a ONG Parceiros Voluntários e uma nova empresa do ramo de empreendimentos imobiliários que ainda será lançada no mercado.
 
“Pretendemos fazer com que a Morya tenha no Sul, a mesma força que ela tem no Nordeste e para isso vamos aproveitar da sua estrutura e sua marca para tornar a agência mais competitiva no mercado gaúcho”, destacam Fábio e Lara, executivos que somam 36 anos de mercado.
 
 Fundada em 1956, a agência que tem matriz em Salvador e filiais em São Paulo, Porto Alegre, Recife e João Pessoa. 
 
Além disso, a Morya tem acordos operacionais em Manaus, Maceió, Fortaleza, Goiânia e Natal, empregando 330 colaboradores e atendendo a clientes como Walmart (bandeiras BIG, Bompreço e TodoDiag), Kendall, Cyrella/Andrade Mendonça e Oas/Gafisa, entre outros.
 
O Grupo ABC tinha meta de fechar 2011 com faturamento de R$ 760 milhões, 20% acima de 2010.
 
Mercado receptivo
Contrariando os clichês, o mercado publicitário gaúcho tem se mostrado aberto a investidas de agências de fora, sempre com caras locais à frente.
 
A mais bem sucedida até agora é a DM9DDB, que abriu no final do ano passado a DM9Sul em Porto Alegre, e desde então levou as contas da  Lojas Pompeia, Vulcabras, holding que engloba as marcas Olympikus, Reebok, Azaleia, Dijean e Opanka e Shopping Iguatemi.