Tamanho da fonte: -A+A

Um usuário com o mesmo nome do cofundador do Facebook, Mark Zuckerberg, teve sua página retirada do site de relacionamentos.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o advogado de falências Mark S. Zuckerberg, de Indianápolis, cidade no interior dos Estados Unidos, foi encarado como mentiroso pelo site, ao inserir o mesmo nome e sobrenome do CEO do Facebook.

A diferença, no entanto, existe. Mark Zuckerberg, o dono do site, tem um Elliot no meio do nome.

O episódio, ocorrido nessa quinta-feira, 12, teria sido corrigido no meio da tarde, declarou uma representante da empresa disse que a conta do advogado tinha sido restabelecida.

Conforme a porta-voz, o site recebe milhares de denúncias de páginas falsas todos os dias, e  ocasionalmente os revisores cometem erros.

O Facebook teria ainda enviado uma mensagem pedindo desculpas pela confusão.