Jornal do Brasil encerra impresso e foca online

13/07/2010 13:39

O Jornal do Brasil confirmou o encerramento de sua versão impressa nesta terça-feira, 13.

Segundo o dono da marca, Nelson Tanure, o jornal manterá apenas sua edição online.

A data para o fim do formato impresso deve ser decidida na quarta ou quinta-feira, segundo informações da Info Online.

Nno mercado desde 1891, a publicação tem dívidas estimadas em R$ 100 milhões. Sua tiragem é de 17 mil exemplares nos dias de semana e de 22 mil aos domingos.

Tamanho da fonte: -A+A

O Jornal do Brasil confirmou o encerramento de sua versão impressa nesta terça-feira, 13.

Segundo o dono da marca, Nelson Tanure, o jornal manterá apenas sua edição online.

A data para o fim do formato impresso deve ser decidida na quarta ou quinta-feira, segundo informações da Info Online.

Nno mercado desde 1891, a publicação tem dívidas estimadas em R$ 100 milhões. Sua tiragem é de 17 mil exemplares nos dias de semana e de 22 mil aos domingos.

A transição provocou a demissão do presidente do jornal, Pedro Grossi. O executivo havia sido contratado há quatro meses para dirigir a versão impressa do periódico.

“Considerando que isto contraria a razão pela qual fui contratado, solicito, sem perda de meus direitos, que o expediente do jornal e de todas as revistas não conste mais meu nome”, escreveu em e-mail enviado aos editores e diretores do JB.

Grossi declarou que deixa seu cargo de presidente da Docas - holding que administra o diário - por discordar da migração integral para a Internet, informou o site Janela Publicitária.

Veja também

Leitor de jornal online é mais atento do que de impresso
Pessoas que usam a Internet para acompanhar notícias prestam mais atenção no que estão lendo do que leitores de jornais impressos. É o que afirma a pesquisa EyeTrack07, produzida pelo Poynter Institute, dos Estados Unidos.
LA Times online sustenta impresso
A publicidade gerada pela versão online do jornal Los Angeles Times está sustentando a folha de pagamento da versão impressa, informa o colunista Jeff Jarvis, do Guardian. Segundo o texto, é a primeira vez que a versão eletrônica banca os gastos de um jornal impresso. 

Recentemente, a redação do Los Angeles Times foi cortada pela metade. Cerca de 600 funcionários foram demitidos. O articulista afirma que a demissão, no entanto, não diminui o mérito da conquista.
Diário de Santa Maria no Kindle
O jornal Diário de Santa Maria ganhou uma versão para Kindle, na quarta-feira, 17. 

Este é o sétimo impresso do Brasil disponível para o leitor da Amazon e o sexto da RBS oferecido nesta modalidade, concluindo o projeto de disponibilização dos seus jornais nesta plataforma.
 
Para fazer a leitura, os usuários poderão optar pela compra avulsa do jornal, no valor de US$ 0,75 ou através da assinatura mensal ao preço de US$ 7,99. 
Jornal do Brasil pode ficar só online

O Jornal do Brasil está realizando uma pesquisa com os seus leitores para decidir se abandona a versão impressa e passa a sair apenas na digital.

As informações são do colunista de economia do iG Guilherme Barros, que afirma que a tendência é que o tradicional diário carioca, fundado em 1891, seja o primeiro do país a abandonar o papel.

Britânico prefere versão impressa a online

Leitores britânicos preferem comprar a versão impressa dos jornais a pagar pelo acesso ao conteúdo online das publicações, segundo revela a pesquisa do You Gov SixthSense.

Dos entrevistados pelo levantamento, 83% disseram que se recusam a pagar pelo acesso a versão online e, dois terços deles, preferem ir até a banca para adquirir o jornal impresso. Apenas 4% dos consultados declaram-se dispostos a pagar para ver notícias por meio da Internet.