Tamanho da fonte: -A+A

O governo cubano colocou no ar sua versão da Wikipedia, a EcuRed, nesta terça-feira, 14.

A enciclopédia poderá ser consultada em Cuba por cerca de 1,6 milhões de pessoas – pouco mais de 10% da população - com acesso à Internet ou, na maioria, apenas uma intranet de sites aprovados pelo governo.

Com 19.345 artigos de referência, biografias e trabalhos acadêmicos já publicados, a EcuRed define os Estados Unidos como "império de nossa época". Não há verbetes específicos para capitalismo ou  para o poeta oposicionista Reinaldo Arenas.

No entanto, a EcuRed também conta com uma extensa biografia do líder cubano Fidel Castro, incluindo seu papel após a doença que lhe tirou do poder em 2006.

"Hoje escreve e participa da luta de ideias a nível mundial. Por sua autoridade moral, influi em importantes e estratégicas decisões da Revolução", diz.

A EcuRed não menciona as reformas econômicas introduzidas este ano por Raúl Castro para atualizar o modelo socialista cubano.