Tamanho da fonte: -A+A

Não há dúvida que os descontos de até 90% dos sites de compras coletivas são ótimos para os consumidores. Mas e para o comércio?

No artigo “A febre dos sites de compras coletivas”, publicado nesta quarta-feira, 15, no Baguete, o especialista em soluções de internet e diretor da Buy2Joy, Flávio Antônio da Costa Filho, aborda o lado do comerciante do acordo.

Para o empresário os comerciantes devem estar atentos na hora de aderir à  potencial de fidelização dos “clientes de promoção”, com a estrutura própria para atender e a demanda gerada com a compra coletiva e gasto com o comércio eletrônico.

“Não há dúvidas de que a febre das vendas coletivas veio para ficar. Mas ela somente será consolidada entre nós quando as empresas anunciantes estiverem preparadas, de fato, para atender à demanda”, escreve Costa Filho.

Em matéria publicada pelo Baguete na última semana, apurou-se que existem 400 sites de compras coletivas no Brasil a partir de março de 2010.

Leia a reportagem e o artigo nos links e matérias relacionados abaixo.