O grupo hacker  Anonymous, que recentemente fez a fama por invadir empresas públicas e privadas em todo o mundo, anunciou a criação de sua própria rede social, batizada de Anon+.

Em uma mensagem postada ontem no blog Your Anon News, o Anonymous deu a entender que a iniciativa foi motivada pelo fato do grupo ter sido banido do Google+, nova rede social do Google.

“Este é um triste exemplo do que acontece na internet quando você caminha em uma batida diferente do tambor”, afirmava o texto.

Segundo o site do Valor Econômico, no mesmo endereço, o Anonymous postou uma mensagem que teria sido enviada pelo Google, alegando que após analisar o perfil do grupo, a empresa havia entendido que o conteúdo de alguns posts no Google+ violavam a conduta da comunidade em questão.

Na mensagem que se refere à criação da Anon+, os hackers ressaltaram que são comuns os casos de ativistas sendo banidos de sites como Facebook, Twitter e YouTube.

“Esses dias estão chegando ao fim”, prometem.