Google + quer contar com developers para fazer frente ao Facebook

Tamanho da fonte: -A+A

O Google anunciou a liberação das primeiras interfaces de programação de apps voltados ao Google+.

A nova ferramenta abre espaço para que os programadores desenvolvam aplicativos específicos para a rede social – lançada no final do mês de julho desse ano – e adaptem os já existentes para outras iniciativas sociais da empresa.

Segundo o blog oficial do Google, a interface poderá usar apenas dados públicos.

Especialistas consultados por agências internacionais de notícias notaram, no entanto, que a interface liberada permitirá apenas o desenvolvimento de aplicativos mais simples.

Não será possível, por exemplo, postar mensagens na rede social usando serviços externos como TweetDeck – um dos mais famosos apps para uso do Twitter.

A abertura para programadores e a estreia de apps deve fortalecer o Google+ contra o Facebook, que já permite integração e a criação de aplicações há algum tempo dentro das suas seções.