http://www.flickr.com/photos/donthediver/4734189538/

Tamanho da fonte: -A+A

Entre janeiro e junho de 2010 fora encontrados 24.365 links que permitiam download completo de obras literárias de diversas editoras sem autorização dos autores.

Desse total, 22.524, ou seja, 92,4% já foram retirados do ar, sendo que o restante deve ser removido em breve, visto que os responsáveis já foram notificados extrajudicialmente pela entidade.

Os números são do departamento de combate à pirataria digital da ABDR -  Associação Brasileira dos Direitos Reprográficos, que conta com o apoio do SNEL - Sindicato Nacional dos Editores de Livros. 

De acordo com o levantamento, a editora mais prejudicada com a pirataria foi a GMT, com obras disponíveis em cerca de 3 mil. Na sequência aparecem as editoras Saraiva (1.973 links), Record (1.537), LTC (1.470) e Ediouro (1.400).