Mídias sociais serão o principal vetor de crescimento para a Natura nos próximos cinco anos.

Foi o que garantiu Alessandro Carlucci, diretor presidente da Natura, durante palestra no SAP Fórum, que começou em São Paulo nesta terça-feira, 22.

De acordo com o diretor da fabricante de cosméticos, as redes sociais serão a grande ferramenta de contato com uma força de vendas que totaliza 1,2 milhão de consultoras no Brasil.

“Hoje nós entregamos 3 milhões de catálogos a cada 21 dias”, revelou Carlucci. “Quem sabe em quatro anos não precisamos imprimir mais nenhum”, comentou.

O esforço da Natura para se comunicar online com seus públicos começou ainda em 2000, quando iniciou uma campanha para que as vendedoras tivessem conexão à Internet. Hoje, 80% delas já têm.

A Natura tem um núcleo estruturado para cuidar da sua comunicação em redes sociais.

A empresa conta com 19.444 “curtidas” em um dos grupos levando seu nome no Facebook e mais de 28 mil seguidores no Twitter.

Além disso, a companhia possui duas redes sociais próprias, nos moldes do Orkut e Facebook.
 
A Natura Nós, semelhante aos conhecidos Orkut e Facebook, focada em colaboradores, e a Natura Conecta, aberta à participação de qualquer interessado.
 
A Natura Conecta foi utilizada para contribuir com o relatório anual da companhia de 2010, abrindo um espaço para a colaboração dos participantes em um wiki em temas como Amazônia, biodiversidade, educação, gases de efeito estufa, impacto dos produtos e qualidade das relações.
 
No ano passado, a Natura somou receita líquida de R$ 5,1 bilhões. Na comparação com o ano anterior, houve crescimento de 21% no faturamento da companhia. O lucro líquido atingiu R$ 744 milhões, alta de 8,8% em relação a 2009.
 
* Maurício Renner cobre o SAP Fórum à convite da SAP Brasil