Tamanho da fonte: -A+A

A classe C, formada por 96 milhões de brasileiros, responsáveis por 90% do poder de compra no varejo do país – segundo dados do IAB Brasil – será responsável por uma nova revolução na Internet em 2010.

Quem aposta nisso é Jonatas Abbott, diretor de Marketing da Dinamize.

“Para a classe C, duas coisas são carências: tempo e dinheiro”, comenta ele. “E estes dois problemas são resolvidos pelo e-commerce, que agiliza o tempo gasto em compras e oferece possibilidades de preços competitivos. Com isso, este será um setor fomentado cada vez mais por esta classe de consumidores, o que culminará em crescimento para toda a cadeia de Internet, incluindo o marketing digital”, afirma.

E este “boom” gerado pela classe C na web deverá se alastrar pelos próximos cinco anos, crê Abbott.

Pensando nisso, a Dinamize já antecipa metas ousadas. A empresa de marketing digital que fecha 2009 com crescimento de 100% sobre o faturamento médio de R$ 200 mil mensais registrado em 2008, prevê encerrar o ano que vem com R$ 6 milhões de receita.