Carlos Nunes, diretor da Hotmedia

A porto-alegrense Hotmedia, que trabalha com gerenciamento de conteúdos multimídia, projeta crescimento de 25% em 2011, com expectativa de faturar R$ 5 milhões no ano.

Em 2010, o faturamento foi de R$ 4 milhões.

Para chegar à meta, a empresa aposta em novos negócios e investimentos. E já começou a dar andamento ao plano: no começo deste ano, o grupo gaúcho foi o primeiro a oferecer a transmissão de vídeos para qualquer dispositivo móvel – dos populares iPhone e Android, a plataformas menos conhecidas entre os smartphones.

“Hoje, com cada vez mais plataformas suportando o vídeo por streaming, e também com o conteúdo mais diversificado a cada dia, é importante dar acesso em qualquer lugar epara todo mundo”, explica Carlos Nunes, diretor da Hotmedia.

Segundo Nunes, a compatibilidade total vai ser um importante diferencial de mercado, devendo se refletir no aumento de canais, atualmente em 700.

“A meta é chegar ao fim de 2011 com pelo menos mil canais”, destaca o executivo.

Investimentos para suportar demanda
Em 2006, quando a plataforma de streamings Zion foi criada pela empresa, relembra Nunes, a Hotmedia tinha 40 canais. “Se 100 pessoas acessassem ao mesmo tempo era a glória”, relembra.

Até 2010, quando a empresa chegou ao canal número 660, o portfólio de ofertas cresceu 16 vezes, somando 40 milhões de acessos somente no ano passado – em 2006, foram 2,7 milhões de streamings executados.

Hoje, uma transmissão “gloriosa” exige, no mínimo, 5 mil usuários simultâneos.

Para suportar o avanço, R$ 200 mil foram investidos em infraestrutura e equipamento no ano passado, e outros R$ 250 mil estão projetados para este ano.

“Hoje temos total tranquilidade quanto à nossa capacidade de atender à demanda, e queremos continuar assim”, enfatiza Nunes.

Parceria com Ucan
Criada em 2006, a empresa é especializada na criação de canais de rádio e TVs para internet. Entre os clientes, a companhia conta com Ambec, Coca-Cola, Lojas Renner, Banco do Brasil, Unilever, Grendene, UFRGS e os ministérios da Cultura e da Integração.

Outro cliente de peso foi a presidente Dilma Rousseff, cuja campanha contou com os streamings da Hotmedia. Foram 32 transmissões, 200 horas de transmissão ao vivo e mais de 1 milhão de acessos.

O contrato rendeu à empresa gaúcha uma parceria a Ucan - empresa de São Paulo que distribui no Brasil equipamentos da Israelense LiveU. O hardware para transmissão da empresa, cujos componentes cabem todos em uma mochila, foi usado na campanha de Dilma.

Pelo acordo, a Hotmedia terá representação para a região Sul com a Ucan. As duas empresas as companhias irão oferecer soluções integradas de transmissão audiovisual pela Internet.

A parceria foi firmada no final de 2010, e pode contribuir nos planos da Hotmedia.

“Estamos muito otimistas, vai ser mais um ano de crescimento”, completa Nunes.