Dinheiro jogado fora? Consumidores que utilizaram PagSeguro em alguns sites de compras coletivas têm valores debitados de suas contas, mas ofertas são canceladas.

Tamanho da fonte: -A+A

Problemas com o sistema de pagamentos online PagSeguro estão deixando clientes de sites de compras, especialmente compras coletivas, sem os serviços ou produtos solicitados.

Segundo informações repassadas ao Baguete Diário, o atendimento do PagSeguro informa que o banco Itaú, desde a semana passada, não estaria repassando ao PagSeguro os valores dos boletos quitados pelos clientes.

O PagSeguro, por sua vez, não faz o envio do valor aos estabelecimentos, que não confirmam ou acabam por cancelar a compra.

Apesar disso, o banco tem debitado os valores das contas dos clientes.

Caso de Sandra Puglia, responsável pelo Financeiro do Baguete Diário, que fez duas compras no domingo, 30, nos valores de R$ 25 e R$ 14,90, em portais de compras coletivas como o Pague Off.

"Concluí os pedidos, os valores foram debitados de minha conta, porém as compras foram canceladas. Ao entrar em contato com o atendimento do PagSeguro, fui informada de que havia um problema junto aos bancos - o Itaú, que na semana passada não havia repassado os valores debitados ao PagSeguro, e, nesta semana, outros bancos, cujos nomes o atendimento do portal não detalhou", conta Sandra.

O contato com o atendimento PagSeguro foi feito na manhã dessa segunda-feira, 31.

No início da tarde, a empresa retornou a ligação para dizer que os valores dos cupons estariam disponíveis na sua conta do PagSeguro, e que ela poderia refazer as compras. Segundo Sandra, as compras foram refeitas, tendo ela inclusive recebido um dos cupons que estavam com problemas.

A reportagem do Baguete Diário entrou em contato com as assessorias de imprensa do Itaú e do PagSeguro e aguarda manifestação das instituições sobre o caso.

De acordo com informações divulgadas pelo próprio PagSeguro, pelo menos 100 sites de compras coletivas no Brasil utilizam o sistema, pertencente ao UOL.

Entre eles está o Peixe Urbano, primeiro do gênero no Brasil e um dos maiores players do mercado nacional.