Tamanho da fonte: -A+A

A GE Healthcare, unidade de saúde da General Eletric, anuncia que a região da América Latina passa a ser um pólo independente, diretamente ligada à matriz.

Em 2010 o faturamento da unidade na região foi 38% superior ao obtido em 2009.
 
“Ao estabelecer a América Latina como um pólo independente, a GE Healthcare ampliará investimentos com foco em desenvolver soluções “na região, para a região”, o que nos possibilitará desenvolver produtos e parcerias estratégicas, que garantirão também crescimento de vendas”, aposta John Dineen, presidente e CEO global da GE Healthcare.

Em julho de 2010 foi inaugurada em Contagem a primeira fábrica da GE Healthcare na América do Sul, com investimento previsto de US$ 50 milhões em um período de dez anos.

Ainda este ano, a fábrica deve iniciar a produção de equipamentos de raios X, mamografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética, PET/CT e Sistemas de Monitoração.

Investimentos da GE na região ultrapassam os US$ 500 milhões, incluindo US$ 100 milhões para um centro de P&D na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro, para 200 pesquisadores focados em saúde, óleo e gás, energias renováveis, mineração, transporte ferroviário e aviação.

Outros US$ 400 milhões serão destinados nos próximos três anos em tecnologia, desenvolvimento de novos produtos, novas unidades, equipamentos e capital humano.