Vonpar: R$ 155 mi para triplicar receita

01/03/2011 10:51

A Vonpar Bebidas, distribuidora da Coca-Cola e Heineken no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, vai investir R$ 155 milhões na ampliação de sua fábrica gaúcha em 2011.

A previsão é ampliar em 60% a produção e, em dez anos, dobrar o volume de vendas e triplicar a receita.

Uma das miras do investimento é uma nova linha de produção de PET, com início de operação agendado para setembro.

Tamanho da fonte: -A+A

A Vonpar Bebidas, distribuidora da Coca-Cola e Heineken no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, vai investir R$ 155 milhões na ampliação de sua fábrica gaúcha em 2011.

A previsão é ampliar em 60% a produção e, em dez anos, dobrar o volume de vendas e triplicar a receita.

Uma das miras do investimento é uma nova linha de produção de PET, com início de operação agendado para setembro.

Com a nova linha, a Vonpar projeta economizar até 30% de energia elétrica, adotando processos focados na sustentabilidade.

A redução de gastos também virá do consumo de água, que tende a cair em 4 mil metros cúbicos/mês, segundo projeção divulgada pela companhia.

Mais investimentos
Em dezembro do ano passado a Vonpar já havia anunciado outro investimento na operação gaúcha: R$ 168,5 milhões para transferir a unidade de produção da Neugebauer, fabricante de chocolates e bombons que adquiriu no começo de 2010, para Guaíba.

O aporte, destinado à construção da fábrica, é parte da estratégia da empresa para se fortalecer na área de alimentos - plano que começou ainda em 2009, com a compra da Mu-Mu e da Wallerius.

A ampliação da Mumu também está na mira da Vonpar, que anunciou aporte de R$ 20,8 milhões, aprovado por Fundopem-RS e Integrar-RS, para aumentar a unidade de leite e derivados, localizada em Viamão.

Na nova fábrica da Neugebauer, o investimento será destinado à estruturação de uma área física de 35,8 mil metros quadrados, com capacidade produtiva de 40 mil toneladas/ano, gerando, inicialmente, 108 empregos diretos.

Para a MuMu, o foco é a aquisição de equipamentos para duplicação do processamento industrial de leite e derivados, abrindo 102 postos de trabalho.

Veja também

Vonpar: pronta entrega com Softmóvel

A Vonpar Alimentos, divisão da companhia dona das marcas Mu-Mu, Neugebauer e Wallerius, contratou a solução Siva da gaúcha Softmóvel para suas operações de pronta entrega.

O sistema deve substituir o modelo tradicional, em que PDAs são utilizados para ordenar pedidos entregues no dia seguinte. Com o Siva, os produtos são faturados durante a visita aos clientes.

Vonpar: R$ 168 mi para Neugebauer em Guaíba

A Vonpar vai transferir a unidade de produção da Neugebauer, fabricante de chocolates e bombons que a companhia adquiriu no começo de 2010, para Guaíba. A nova operação levará investimento de R$ 168,5 milhões.

A construção da fábrica é parte da estratégia da Vonpar para se fortalecer na área de produtos alimentícios. O plano começou a ser posto em prática no fim do ano passado, com a compra da Mu-Mu e da Wallerius.

Nizoli é o gerente de TI da Vonpar

A Vonpar unificou os departamentos de Desenvolvimento e Infraestrutura de TI da companhia sob o comando de Ricardo Nizoli, ex-gerente de Desenvolvimento da franqueada da Coca-Cola no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Segundo informações de fontes de mercado confirmadas pela empresa, a unificação resultou na saída do gerente de Infraestrutura, Alexandre Briance Leite.

Na Vonpar, TI à toda: BI, mobilidade, SAP e mais!

Está com todo o gás a TI da porto-alegrense Vonpar Bebidas, quarta maior fabricante do Sistema Coca-Cola no Brasil. A empresa concluiu a implantação de 50 licenças do BI QlikView para integrar todas as suas iniciativas de Business Inteligence.

Antes de adotar a ferramenta da sueca QlikTech, a companhia chegou a iniciar a implementação de outro BI, que, entretanto, não correspondeu às expectativas, especialmente no que se refere a métricas de rentabilidade de clientes e produtos.

Vonpar: 90x mais rápida com Riverbed

A Vonpar, franqueada da Coca-Cola nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, acelerou o acesso a dados e aplicações em 90 vezes ao implementar a otimização de WAN da Riverbed.

O projeto envolveu a implantação dos dispositivos Riverbed Steelhead e, segundo Alexandre Briance Leite, gerente de Infraestrutura de TI da Vonpar, a perspectiva é economizar R$ 600 mil anuais até 2015, já que não será necessário investir nesta área.
 

Vonpar: TI compartilhada

A Vonpar está criando um Centro de Serviços Compartilhados (CSC) que oferecerá TI para a operação de bebidas e as demais empresas do grupo  na área de alimentos como Mu-Mu, Balas Wallerius e Chocolates Neugebauer.

Além das duas gerências de TI - Desenvolvimento e Aplicativos de TI e Processos de TI – integram a iniciativa em andamento as áreas de Controladoria, Financeiro, Recursos Humanos, Jurídico e Suprimentos.

Vonpar compra Neugebauer e mira alimentos

A Vonpar Refrescos, franqueada da Coca-Cola e distribuidora da Femsa Cerveja Brasil no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, confirmou oficialmente a compra da Neugebauer.

Com a aquisição, o grupo, que em 2009 adquiriu também a fabricante de doce de leite, geléias e leites Mu-Mu e a Wallerius, da área de doces, balas e confeitos; irá consolidar a estruturação de uma divisão de alimentos, que será comandada por Daniel Weiler.

Philip Morris investirá R$ 110 mi no RS

A fabricante de cigarros Philip Morris do Brasil fará um investimento de R$ 110 milhões em uma nova planta em Santa Cruz do Sul – a 147 quilômetros de Porto Alegre.

Serão 40 mil metros quadrados de área construída, com tecnologia de ponta para todos os estágios de fabricação de cigarros.

Marcopolo quer chegar aos R$ 3,15 bi em 2011

A Marcopolo, fabricante de ônibus com sede em Caxias do Sul, divulga suas projeções de vendas para 2011.

A empresa estima uma receita líquida consolidada de R$ 3,15 bilhões e produção de 29,3 mil ônibus, sendo 10,8 mil unidades no exterior.

Já os investimentos devem somar R$ 70 milhões, informa o Valor Online.

Fujikura planeja R$ 20 mi em fábrica no RS

A fabricante de cabos para transmissão de energia elétrica e telecomunicações apresentou nessa quarta-feira, 16, a intenção de instalar uma fábrica no Rio Grande do Sul, num investimento inicial de R$ 20 milhões.

O projeto foi apresentado ao governo do estado.

Na ocasião, a empresa também procurou sondar as possibilidades de incentivo ao projeto.

RS tem 2o pior desempenho econômico do país

O Rio Grande do Sul teve o segundo pior desempenho econômico do país nas últimas três décadas, tendo crescido a uma média de 2,05% ao ano, enquanto a taxa brasileira foi de 2,4%.

A informação é de um levantamento da Fundação de Economia e Estatística do Estado (FEE).

Conforme a pesquisa, que faz a conjuntura econômica entre 1981 e 2009, o estado fica atrás somente do Rio de Janeiro.

No período, o PIB gaúcho cresceu 75,6%.