SC pode levar nova fábrica da GM

02/06/2011 15:24

A General Motors avalia a construção de uma segunda fábrica em Santa Catarina. O investimento estimado é de cerca de R$ 300 milhões, com foco na produção de peças e caixas para o sistema de transmissão das unidades da América Latina.

O projeto está em fase de análise e sendo discutido junto ao governo catarinense para garantir incentivos.

O terreno da GM em Joinville

Tamanho da fonte: -A+A

A General Motors avalia a construção de uma segunda fábrica em Santa Catarina. O investimento estimado é de cerca de R$ 300 milhões, com foco na produção de peças e caixas para o sistema de transmissão das unidades da América Latina.

O projeto está em fase de análise e sendo discutido junto ao governo catarinense para garantir incentivos.

Conforme o diretor de relações institucionais da GM, Luiz Moan, ainda não há qualquer definição sobre o projeto, mas fontes ligadas ao governo catarinense destacam que uma decisão deve sair este ano.

A GM já investiu R$ 350 milhões em Joinville, onde uma fábrica de motores está na etapa civil, prevista para entrar em operação em 2012.

Na estratégia da companhia, pesa a favor do estado o fato de contar com cinco portos, além da disponibilidade de mão de obra.

Para a nova fábrica, a montadora estaria avaliando alguma cidade da mesma região.

O governo de Santa Catarina negocia há pelo menos dez anos com a GM, informa o Valor Econômico.

Em 2008, a empresa decidiu investir na primeira unidade de motores, que estava prevista, inicialmente, para ser entregue em 2010.
 

Veja também

GM: IBM na base do 1º carro elétrico

A Chevrolet apostou no software Rational e ferramentas de simulação da IBM no projeto de desenvolvimento de seu primeiro carro elétrico, o Volt 2011.

As soluções foram usadas pelos engenheiros da GM, montadora da marca, para projetar e desenvolver os sistemas de controle do veículo, em um projeto que durou 29 meses e contemplou o desenvolvimento de controles eletrônicos críticos – bateria, direção elétrica e toda a eletrônica de cabine.

GM testa parceria com eBay
A General Motors firmou uma parceria com o site de leilões eBay. Pelo acordo, que será anunciado oficialmente nesta sexta-feira, 10, na Califórnia, os interessados em comprar carros zero da montadora poderão dar lances pelos veículos, ou comprá-los por um preço pré-determinado, na Internet.
AG2 renova com GM do Brasil
A AG2 venceu a concorrência e atenderá a General Motors do Brasil por mais três anos, até maio de 2012.

A empresa gaúcha já cuida da manutenção do Portal Chevrolet e da publicidade digital da companhia desde 2006, e agora passa a administrar também a compra de links patrocinados e o monitoramento de mídias sociais.
Foxconn monta linha de produção em junho

Luciano Almeida, presidente da agência de fomento Investe São Paulo, disse ao jornal Folha de S. Paulo que a nova linha de produção da Foxconn, parceira da Apple na fabricação de smartphones e tablets, será montada no Brasil em junho para entrar em atividade em novembro.

Segundo Almeida, serão fabricados 6 milhões de unidades por ano quando a fábrica atingir capacidade máxima.

New Focus da Ford terá Wi-Fi grátis

Os modelos New Docus, da Ford, terão Wi-Fi grátis a partir de 2012, mas só na Europa.

A divisão europeia da montadora anunciou nessa segunda-feira, 02, que o sistema Sync com dipositivo MyFord Touch do New Focus terá o acesso nas linhas que chegarem ao mercado no ano que vem.

Para o acesso, o sistema terá uma senha, que permitirá a conexão à internet dentro do automóvel por até cinco pessoas. De acordo com a Ford, o serviço será gratuito.

247: notícias sobre automobilismo no iPad

O jornal exclusivamente para iPad 247, produzido pela Editora Brasil 247, apresentou nessa semana a revista Motor 247, uma publicação focada em conteúdo automobilístico. A proposta é apresentar semanalmente o teste drive de um automóvel de destaque no momento.

Acordo na campanha online contra Renault

A montadora Renault do Brasil e a cliente Daniely Argenton, que criou um site em protesto aos problemas no seu Megane, chegaram a um acordo no início da semana.

Daniely fora judicialmente obrigada a retirar a página no ar na semana passada por uma juíza da 1ª Vara Cível de Concórdia, Santa Catarina.