Tamanho da fonte: -A+A

Stefano J. C. da Silveira, mestre em economia pela Ufrgs, publica artigo no Baguete sobre o crescimento do PIB de 2010 em 7,5%.

Segundo o autor, esse é o maior incremento do produto brasileiro desde 1986, ano de vigência do Plano Cruzado, no governo José Sarney, quando apresentou o mesmo índice de crescimento.

"A principal razão de o indicador ter demonstrado tamanha robustez no ano passado, pode ser a recuperação de diversas nações ao redor do globo, ainda que em compassos diferenciados, dos efeitos mais nocivos da crise econômica mundial", explica.

Silveira comenta ainda, que como comparação, de acordo com o último Relatório Focus do Banco Central, a previsão de incremento do PIB de 2011 é de 4,3%, pouco mais da metade do obtido no último exercício.

"Espera-se que isso seja apenas uma fase de ajustamento de um período pós-crise econômica, sem a continuidade dos chamados “vôos de galinha”, mas de preparação para crescimentos anuais do produto seguros e sustentáveis", conclui Stefano Silveira.

O artigo pode ser conferido na íntegra pelo link relacionado abaixo.