http://www.flickr.com/photos/stuwillis/2308111403/sizes/z/in/photostream/

Tamanho da fonte: -A+A

Subiu de 12%, em 2007, para 16,4%, em 2009, o número de mulheres em cargos de CIO ou vice-presidente de TI entre as mil maiores empresas do mundo. A informação é da consultoria de recrutamento Sheila Greco Associates.

Entretanto, segundo a pesquisa, apesar do aumento de participação das profissionais do sexo feminino nos altos cargos da TI, ainda é raro encontrá-las em postos técnicos, como a diretoria de infraestrutura.

O estudo afirma, ainda, que 36,9% das mulheres que ocupam cargos de liderança na área de TI se destacam nas tarefas que dependem do trabalho em equipe, índice que cai para 19% entre os homens na mesma posição.

Em contrapartida, 81% dos CIOs do sexo masculino ganham projeção por suas contribuições individuais, enquanto que, no caso das representantes do sexo feminino, esse índice é de  63,1%, informa o ComputerWorld.

E além de presentes, as mulheres estão satisfeitas com a TI: conforme o levantamento, 74% das mulheres que trabalham no segmento adoram o que fazem. Mesmo assim, entre elas a propensão a deixar a carreira é maior do que entre os homens, em parte devido ao grande envolvimento com o trabalho que o setor exige, o que acarreta desequilíbrio entre vida profissional e pessoal.