Tamanho da fonte: -A+A

A presidente Dilma Rousseff recebe nesta quarta-feira, 16, Jeffrey Immelt, presidente mundial da General Electric, que apresentará o projeto de criação do centro de pesquisas na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro.

Segundo o Valor Econômico, o empresário é o primeiro representante do setor produtivo a realizar audiência privada com a presidente desde a posse do mandato, que ocorreu no início do mês passado.

A General Electric usará os incentivos da Lei de Inovação Tecnológica do Ministério de Ciência e Tecnologia durante o projeto, que tem um investimento de US$ 550 milhões e deve estar pronto em 18 meses. O Centro funcionará ao lado da Universidade Federal do Rio de Janeiro e do Centro de Pesquisas da Petrobras.

De acordo com o Valor, a presidente recebeu algumas reclamações referentes à ausência de mais empresários na agenda.

Entretanto, aliados do governo justificaram as omissões com o seguinte argumento: Dilma prefere que as audiências tenham uma pauta consolidada, para que o encontro seja mais produtivo e por isso, encaminha os empresários a audiências preliminares com os ministros das respectivas áreas de atuação.

O caso de Immelt, por exemplo, não ocorreu com base em uma preferência da presidente. O executivo já havia apresentado o mesmo projeto do centro de pesquisa a Alessandro Teixeira, atual secretário-executivo do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, quando ele era presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos, informa o Valor Econômico.