Tamanho da fonte: -A+A

A subsidiária brasileira integradora de soluções de TIC Getronics, dona de um faturamento mundial de 2 bilhões de euros em 2009, trocou de comando.

Sai Paulo Pichini, que entrou na operação desde 2000, quando a Connect Systems, fundada por ele, foi comprada pela multinacional holandesa. Pichini era presidente no Brasil desde 2002 e na América Latina desde 2006.

“Os dez anos de atuação na Getronics foram um importante ciclo na minha carreira e na minha vida; estou me preparando, agora, para desbravar outros horizontes”, afirma o executivo, destacando que a saída foi um “processo de transição planejado”.

André Rizzi, o novo presidente, tem  20 anos de experiência nos mercados de consultoria, telecomunicações e serviços financeiros.

O executivo é  graduado em engenharia pela Universidade de São Paulo e possui MBA com ênfase em operações e finanças pela Kellogg Graduate School of Management.

No Brasil, a Getronics atende Oi, HSBC, Novartis, Serpro e Telefonica, entre outros clientes.