Creditaria: crédito espanhol em Santa Cruz

19/04/2011 16:46

A Creditaria, empresa espanhola de broker de crédito que atua há dois anos no Brasil, contando com 14 franquias, acaba de abrir uma unidade no Rio Grande do Sul.

A franquia, localizada em Santa Cruz do Sul e comandada pelos investidores André Azevedo e Ana Paula Azevedo, vai atender a demanda de cidades de toda a região.

Tamanho da fonte: -A+A

A Creditaria, empresa espanhola de broker de crédito que atua há dois anos no Brasil, contando com 14 franquias, acaba de abrir uma unidade no Rio Grande do Sul.

A franquia, localizada em Santa Cruz do Sul e comandada pelos investidores André Azevedo e Ana Paula Azevedo, vai atender a demanda de cidades de toda a região.

“É uma região de população crescente e, por isso, um mercado em expansão”, afirma Ana Paula. A Creditaria mantém parcerias com lojas e bancos, atuando na “otimização da aprovação e tramitação de créditos”.

Ainda para este ano, a Creditaria planeja a abertura de novas unidades no Brasil – a meta é chegar ao fim de 2011 com 25 franquias locais.

A expansão mira, ainda, o mercado global. A abertura de unidades da consultoria de crédito está prevista para a Rússia, África do Sul, Angola e América Latina, com foco na Colômbia e no Peru.

A estratégia compreende a abertura total de 35 novas unidades da Creditaria em todo o mundo até dezembro.

Para os interessados em fazer parte da rede de franquias, o investimento fica em torno de R$ 114,9 mil (taxa de franquia de R$ 49,9 mil, mais capital para instalação, mais capital de giro entre R$ 30 mil a R$ 40).

A previsão de retorno é de até 15 meses, com projeção de faturamento médio mensal na casa dos R$ 80 mil.

“Não temos concorrentes diretos com o mesmo perfil e tamanho de nossa rede. Somos a primeira empresa a oferecer serviços de consultoria de crédito de forma totalmente profissionalizada na América Latina”, afirma o presidente da empresa, Gonzalo Bellon.

Como funciona

A empresa atua junto a clientes pessoa física e jurídica, fornecendo soluções de crédito pessoal, imobiliário, para imóveis ainda na planta, refinanciamento imobiliário, consórcio de imóveis e crédito consignado.

“Nosso diferencial é a diminuição no tempo de espera para aquisição de crédito, que pode ser pré-aprovado em até 24 horas e tempo médio de 15 dias de espera para aprovação total da linha de crédito”, destaca Bellon.

Hoje, a estrutura da Creditaria soma 83 unidades em todo o mundo.
 

Veja também

Creditaria quer 14 novas franquias no Brasil

Em seu segundo ano de atividades no Brasil, a Creditaria, empresa espanhola de broker de crédito, aposta em expansão no país.

Atualmente com 11 unidades, a previsão é chegar ao fim de 2011 com 25 franquias locais.

A expansão por franchising também deverá atingir outros países da América Latina, como Colômbia e Peru. Hoje, a companhia já atende no Chile e México.

Cresce número de microfranquia no BR

O surgimento de microfranquias está aumentando no país e pode multiplicar as oportunidades para os investidores de pequeno porte, é o que informa o site Exame.com.

As franquias de baixo investimento, como são definidas pelo Sebrae, demandam investimentos de até R$ 50 mil.

Hoje, 80 companhias brasileiras possuem mais de 2 mil franqueados entre os 27 estados do país.

Conforme a Exame, essas empresas representam quase 5% do total de franqueadores nacionais.

Franquia de compras coletivas

O site de compras coletivas Ótima Oferta acaba de inaugurar uma nova modalidade de negócios no aquecido segmento: a expansão por franquias.

Fundado há duas semanas, o portal criado pela agência digital especializada em e-commerce Vibe inaugura nesta segunda-feira, 24, sua primeira franquia, em Belo Horizonte.

Pelo sistema, a franqueada fica responsável pela  divulgação, marketing e busca de clientes. O franqueador oferece o fluxograma de compras e financeiro, em troca de 10% de royalties.

Aptech exibe franquia em Porto Alegre

A Aptech Brasil participa da feira nacional de franquias, a Franchising Fair, que se realiza de 10 a 12 de dezembro em Porto Alegre.

Com centro de capacitação em TI localizado em Belo Horizonte, a Aptech planeja divulgar o trabalho da franquia indiana, já presente em mais de 40 países, explica Henrique Tavares, gerente de marketing da empresa.

Tovts compra franquias RM em DF

A Totvs adquiriu a Mafipa, detendora dos canais de distribuição RM em Brasília Cygni e L2M por R$ 5,9 milhões.

O negócio foi informado por meio de fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários nesta quarta-feira, 24.

Franquia da Catho adota marca própria no RS

A franquia gaúcha da Catho começou a atuar com marca própria em setembro.

De acordo com a empresa, agora chamada Advis Crescimento Inteligente, um banco de dados de currículos deve ser lançado até o final do mês, com o objetivo de fazer da companhia a maior do ramo de consultoria de RH no Sul.

O novo negócio integra ainda a  Dinâmica Pessoas, empresa de Santa Maria com atuação em consultoria e desenvolvimento de sistemas web para RH.

Jiva quer triplicar franquias. Sul na mira

A Jiva, empresa de Uberlândia especializada em soluções de gestão para micro e pequenas empresas, lança um plano para expandir sua rede de atuais 20 franquias para 60 até o final de 2012. No foco, estão as regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste.

Link: 300 franquias em três anos

A Link Monitoramento, empresa de Curitiba especializada em soluções para rastreamento de veículos, pessoas e objetos, comemora a expansão de sua rede de atuação por meio de franquias em 22 cidades do Paraná, Santa Catarina, Pernambuco e Distrito Federal em menos de um ano de atuação.

A companhia conta, hoje, com 26 franqueados, mas a meta é chegar a 60 ainda este ano e 300 até o final de 2012, distribuídas em todas as cidades brasileiras com mais de 200 mil habitantes.

ABF: Sul é ouro para o franchising
Um levantamento da Associação Brasileira de Franchising (ABF) indica que o faturamento do setor de franquias deverá crescer 13% este ano, saltando de R$ 55 bilhões para R$ 63 bilhões. Ainda conforme a pesquisa, a região Sul é uma das mais promissoras para este segmento.

De acordo com o a ABF, o Sul já é responsável por 13,1% das redes franqueadas no Brasil, sendo 44% no Paraná, 31% em Santa Catarina e 25% no Rio Grande do Sul.