Tamanho da fonte: -A+A

Uma análise do Gartner mostra que as empresas estão retomando seus investimentos em TI após o período de recessão global, em 2009. De acordo com a consultoria, os gastos mundiais das organizações com tecnologia irão superar US$ 2,4 trilhões em 2010, um aumento de 4,1% em relação ao ano passado.

Este ano, segundo o estudo, é esperada uma elevação dos gastos na maioria dos setores do mercado, com destaque para o governamental, que deve ter o budget para TI alavancado em 6,2%.

O segmento de finanças vem em segundo lugar, com previsão de crescimento de 4,6%, totalizando o maior montante entre as indústrias: US$ 396,9 bilhões.

Já no setor de serviços de comunicação e mídia, os gastos com TI deverão subir 4,4%, somando US$ 394,171 milhões. Educação vem em seguida, com 4,1% de crescimento, totalizando US$ 63,992 milhões.

A saúde, por sua vez, deverá investir US$ 88,626 milhões em TI este ano, uma expansão de 2.8% sobre 2009. Depois, vêm a área de seguros, com US$ 157,771 milhões, alta de 3.9%, e a de manufatura e recursos naturais, com US$ 428,856 milhões, aumento de 3.1% ano/ano.
 
O varejo irá gastar cerca de US$ 149,216 milhões em TI, segundo o Gartner, o que expande o montante do setor em 4.7% sobre o ano passado. Já os transportes gastarão US$ 106,406 milhões, com alta de 2.9%, seguidos por utilities, que investirão US$ 124,451 milhões, elevação anual de 3.4%.

Por fim, na lista do Gartner, vem o comércio atacadista, com alta de 4.1% nos investimentos em TI, o que deverá somar US$ 84,063 milhões em 2010.