Abril cria departamentos com base no ITIL

21/10/2011 15:46

A adoção do ITIL, metodologia de gestão de serviços de TI, não apenas mudou a rotina do setor de tecnologia da Editora Abril, mas deu origem a novos departamentos, nascidos a partir de processos otimizados pelo método.

O projeto de implementação do ITIL, que iniciou em 2007 e ainda está em andamento, não teve consultoria externa: tudo foi feito pela própria Abril, em uma força-tarefa da direção de TI, gestores executivos e colaboradores de todos os setores da companhia.

Tamanho da fonte: -A+A

A adoção do ITIL, metodologia de gestão de serviços de TI, não apenas mudou a rotina do setor de tecnologia da Editora Abril, mas deu origem a novos departamentos, nascidos a partir de processos otimizados pelo método.

O projeto de implementação do ITIL, que iniciou em 2007 e ainda está em andamento, não teve consultoria externa: tudo foi feito pela própria Abril, em uma força-tarefa da direção de TI, gestores executivos e colaboradores de todos os setores da companhia.

Quem conta é Armando Saraiva, gerente de Incidentes de TI da editora.

Segundo ele, a adoção do ITIL deu origem a departamentos como as gerências de Incidentes, de Liberações (responsável, por exemplo, pela homologação de sistemas desenvolvidos), de Mudanças (que define reuniões de impacto com as áreas de negócios), de Configurações, de Capacidade (montagem de gráficos e relatórios), Financeira e de Operações (que responde, por exemplo, pelo data center).

“Além disso, ainda há a gerência de aplicações, que possui divisões, uma vez que cada aplicação possui uma equipe responsável”, comenta Saraiva.

Só na TI, o ITIL foi utilizado para definir indicadores que melhoraram o gerenciamento de atividades desenvolvidas por 106 funcionários diretos e 105 terceiros, que respondem pelo suporte a todas as empresas do Grupo Abril, sob coordenação do CIO, Max Thomaz.

“Com a evolução do mercado de tecnologia, houve a necessidade de apresentar indicadores de TI a fim de fazer um melhor alinhamento com os negócios da empresa, o que levou a escolha do ITIL”, comenta Saraiva.

Segundo ele, a metodologia melhorou a atuação da TI interna e o controle de serviços terceirizados, como no caso de contratos mantidos com várias empresas de outsourcing, focados no desenvolvimento de sistemas.

Os contratos abrangem soluções como, por exemplo, as de logística e BI usadas pelo Grupo, que em ERP e CRM vai de Oracle, apostando na alemã Celshare na área de publishing.

Aqui e lá

Outra que apostou no ITIL para criar um novo departamento - no caso, uma Central de Serviços Compartilhados - foi a porto-alegrense Agiplan.

Focada em serviços financeiros, a companhia utilizou consultoria da também gaúcha Rhino para implantar a metodologia à sua gestão de processos, o que reorganizou e reforçou o gerenciamento de atividades, dando origem à CSC, que hoje melhora o atendimento de demandas internas e externas na empresa. 

A íntegra do case da Agiplan pode ser conferida na notícia linkada abaixo.

Veja também

Agiplan: governança muito além da TI

A Agiplan Serviços Financeiros, de Porto Alegre, utilizou metodologias tradicionalmente aplicadas à governança de TI para agilizar, uniformizar e gerir suas áreas e processos de custos de serviços corporativos.

“Pode parecer curioso, mas a mesma metodologia que permite criar um catálogo de serviços de TI também nos permitiu criar um CSC – Centro de Serviços Compartilhados”, explica o diretor executivo da Agiplan, Rafael Fossati.

TCS: ITIL para Deutsche Bank em sete países

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa de TI do grupo indiano Tata, firmou um contrato de cinco anos com o Deutsche Bank.

As companhias não divulgam o valor do contrato, mas afirmam que envolve “alguns milhões de dólares” e inclui o fornecimento de aplicações globais nas áreas de service desk, operações de serviços e todos os outros processos baseados na biblioteca ITIL em sete países: EUA, Reino Unido, Alemanha, Hungria, Filipinas, Cingapura e Índia.

GE-ITIL-RS apresenta case da GetNet

O Grupo de Estudos ITIL do Rio Grande do Sul (GE-ITIL-RS) se reúne nesta terça-feira, 14, às 19h30, na sala 1113 do prédio 50 da PUC-RS.

Rogério Ligocki Venturella, gerente de governança de TI na GetNet, apresenta o case de adoção de práticas de gerenciamento de serviços de tecnologia na empresa.

O evento é gratuito e não é necessário inscrição prévia.

Rhino: 06 gaúchos Manager em ITIL v2

A Rhino Consulting certificou seis profissionais gaúchos no Manager IT Service Management, o título máximo da carreira de ITIL ® segundo a versão 2 do modelo.

Abril usa cloud HP

O Grupo abril vai comprar serviços de virtualização e cloud computing da  HP Enterprise Services.

Abril entra na whitelist da Return Path

A Editora Abril é a primeira empresa brasileira a entrar no whitelist da Return Path, empresa americana que certifica IPs de disparadores de e-mail marketing como não-spammers.

Com a certificação, as mensagens do Grupo Abril entram nas caixas de entrada do Hotmail, Yahoo e outros com as imagens já habilitadas, além de não serem barradas por estes provedores.

Abril + ClickOn = Bananarama

A Abril acaba de entrar no mercado de compras coletivas em parceria com o ClickOn.

O Bananarama terá ofertas de produtos e serviços prestados nos segmentos de alimentação, bem-estar e entretenimento.

O portal será patrocinado por publicações do grupo como Veja São Paulo, Veja Rio, Viagem e Turismo e Guia Quatro Rodas.

Grupo Abril assume controle da Elemidia

O Grupo Abril adquiriu 70% do capital acionário da Elemidia. Os 30% restantes permanecem com a família Forjaz, antiga dona do negócio, e com alguns executivos da companhia.

A empresa emprega 250 colaboradores e é especializada em digital out of home, com uma rede de 5,7 mil monitores instalados em 1,6 mil estabelecimentos de 24 cidades em 16 estados brasileiros e em Buenos Aires.

O alcance da rede é estimado em 14 milhões de pessoas.

MicroStrategy World: Abril é premiada

A MicroStrategy, especializada no fornecimento de software de BI, premiou durante  o MicroStrategy World 2010 - evento sediado em Cannes, na França, entre 05 a 08 de julho - os cinco melhores painéis de indicadores para apoio a tomada de decisão, desenvolvidos por empresas de diversos países.

Abril compra Anglo e se torna 2ª em educação

O Grupo Abril comunicou na segunda-feira, 12, a compra do Anglo - rede de educação especializada em cursos preparatórios para o vestibular.

A operação coloca a empresa como a segunda maior do setor no país, à frente do Objetivo e atrás apenas da Positivo.