Setor financeiro ampliará investimentos em TI, diz IDC

Tamanho da fonte: -A+A

Conforme levantamento da IDC Brasil, 54% das empresas do setor financeiro aumentarão os investimentos em TI no próximo ano.

O índice, menor que o de 2010, quando 61% das empresas investiram mais em TI, é considerado positivo pela IDC.

“O crescimento deste ano deve-se em parte a uma recuperação de 2009, que foi um pouco mais difícil devido à crise mundial. É impressionante ver que mais da metade das empresas ainda vai aumentar em 2011 seus orçamentos em relação a este ano, que já foi bastante bom”, avalia Roberto Gutierrez, diretor de consultoria da IDC Brasil.

No estudo IDC Brazil Financial Insights Investment, foram ouvidas 62 instituições. Segundo o relatório, 42% devem manter os investimentos no mesmo nível (em 2010, eram 31%), e apenas 3% investirão menos em 2011 (8% em 2010).

Segundo o executivo, os gastos com tecnologia em 2011 serão, principalmente, direcionados a eficiência operacional e aumento da receita.

Terceirização e cloud
Conforme a pesquisa,m os grandes bancos continuam não terceirizando os sistemas core,  preferindo mantê-los sob seu controle. Por outro lado, há uma tendência de aumento da terceirização de funções de TI menos críticas, como a impressão departamental, por exemplo.

Mais de 20% das instituições pretendem aumentar a terceirização dessa atividade, aponta a IDC, e 52% das empresas não têm a nuvem no radar para investimentos em TI.

“O setor ainda é bastante resistente, principalmente na questão de segurança. E as poucas iniciativas para esse segmento são de Cloud Privada”, finaliza Gutierrez.

Ao todo foram ouvidos 33 bancos de grande, médio e pequeno porte (de acordo com a lista dos dez maiores da Febraban), e 29 seguradoras, entre os meses de junho e julho deste ano.