Tamanho da fonte: -A+A

Os aeroportos de Caxias do Sul, Erechim e Passo Fundo começam a receber nos próximos dias investimentos de aproximadamente R$ 5,5 milhões do governo gaúcho.

O projeto, integrante do programa Duplica RS, prevê a melhoria dos terminais interioranos em áreas como expansão da capacidade de transporte de passageiros, de cargas, e integração à rede estadual de aeroportos.

O contrato para início das obras será assinado nesta quinta-feira, 26, pelo secretário de Infra-Estrutura e Logística do estado, Daniel Andrade, e o diretor do Departamento Aeroportuário (DAP), Fernando Coronel.

O terminal de passageiros do complexo de Caxias do Sul terá ampliação de 400m² de área edificada e 1.819m² de área a ser reformada, incluindo cobertura da entrada do prédio, aumento das salas de embarque e desembarque e ar-condicionado. A construção, no valor de R$ 2.394.150,98, tem prazo de 15 meses para ser concluída.

Além disso, estão em andamento nas instalações serranas implantação do sistema de sinalização luminosa vertical na pista, taxiway e pátio, ao custo de R$ 184.331,95, com período fixado de 180 dias para entrega a contar de 29 de outubro passado.

Caxias do Sul se liga a São Paulo por voos diários.

Já o aeroporto de Erechim receberá restauração do pavimento asfáltico da pista de pouso e decolagem com 1,28 mil metros de comprimento e 30 metros de largura, taxiway com 65metros de comprimento e 15 metros de largura e pátio de aeronaves com 6.360 m². A melhoria está orçada em R$ 1.798.140,49 e tem conclusão prevista para quatro meses.

Em convênio com a prefeitura, ocorrem também ampliação e reforma do terminal de passageiros, em 65 m², no total de R$ 213.169,09, dos quais R$ 170.535,27 vêm da Secretaria de Infra-Estrutura e Logística (Seinfra) e contrapartida de R$ 42.633,82 da administração municipal.

Erechim é ponto de chegada e partida de aviões para Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba.

Em Passo Fundo, para aumentar a segurança do aeroporto o DAP vai adquirir caminhão de combate a incêndio, no valor de R$ 1,265 milhão. A cidade tem linhas aéreas para Porto Alegre, São Paulo, Curitiba, Joaçaba e Caçador.