Tamanho da fonte: -A+A

O Sindppd-RS anunciou a quarta redução consecutiva da contribuição assistencial cobrada em folha de pagamento dos profissionais de TI.

O novo valor é agora de 1% do salário, o equivalente a um 2,6 horas de trabalho anual. Em 2005, o desconto era de 3,33%, um dia inteiro de trabalho. Nos últimos dois anos, a cifra foi de 1,67%.

“O valor de 1% determinado para esta campanha salarial pelo Sindppd/RS é pequeno em comparação aos benefícios que o sindicato gera aos trabalhadores”, acredita o sindicato, em nota divulgada no site.

Exclusão
O pagamento da contribuição assistencial não é obrigatório.

Pelas regras estabelecidas pelo Sindppd-RS, os profissionais que não queiram pagar devem comparecer na sede do sindicato da terça-feira, 29, até a sexta, 01 de abril, das 9h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h.

Profissionais de fora da capital podem mandar a negativa pelos correios, somente dentro do período estabelecido, com nome completo, assinatura e o nome da empresa em que trabalha.

Última campanha
O Seprorgs levou a melhor na discussão com o Sindppd-RS sobre a convenção coletiva da categoria de TI.

O reajuste acertado ficou em 5,39%. O índice do INPC dos últimos doze meses era a proposta inicial do sindicato patronal.

O Sindppd pedia redução da semana de trabalho de 44h para 40h, sem redução de salários, além de aumento de 11%.