Fiergs: incentivo fiscal na Copa e Olimpíada

28/10/2010 17:28

As possibilidades de investimento abertas por meio de financiamentos e redução de impostos relativas à realização no Brasil da Copa do Mundo de 2014 e aos Jogos Olímpicos de 2016 estarão em debate na Fiergs na segunda-feira, 08 de novembro, das 13h30 às 17h.

Os assuntos serão debatidos em um evento cuja programação iniciará com o painel "Panorama dos projetos existentes e oportunidades", apresentado pelo advogado Bruno de Luca Drago.

Tamanho da fonte: -A+A

As possibilidades de investimento abertas por meio de financiamentos e redução de impostos relativas à realização no Brasil da Copa do Mundo de 2014 e aos Jogos Olímpicos de 2016 estarão em debate na Fiergs na segunda-feira, 08 de novembro, das 13h30 às 17h.

Os assuntos serão debatidos em um evento cuja programação iniciará com o painel "Panorama dos projetos existentes e oportunidades", apresentado pelo advogado Bruno de Luca Drago.

Serão detalhadas as obras de infraestrutura em transporte aéreo, construção e reforma de estádios e setor hoteleiro em Porto Alegre e região metropolitana, ilustrando algumas janelas de oportunidade para as empresas. 

Em seguida, Antonio Giglio Neto, especialista em Direito Societário e mercado de capitais, apresenta o painel "Financiamento dos Projetos e Estruturas Possíveis", apontando um panorama das linhas de financiamento para os projetos.

O terceiro painel será ministrado por Cláudio Otávio Xavier, advogado tributarista, que tratará dos incentivos fiscais existentes em âmbito federal, estadual e municipal, em relação aos tributos incidentes em projetos relacionados aos eventos esportivos.

O ato olímpico e as cotas de patrocínio são o foco do quarto painel do evento, apresentado pela advogada Tatiana Campello Lopes.

As inscrições são gratuitas e estão abertas até sexta-feira, 05 de novembro.

Mais informações pelo telefone (51) 3347-8739.

Veja também

Aeromóvel: 100% da tecnologia do RS

Uma nova opção de transporte público, o Aeromovel, que ligará a Estação Trensurb ao aeroporto Salgaldo Filho, é a primeira obra com recursos do Governo Federal liberados para a Copa do Mundo 2014.

A hora da gestão de projetos

O Brasil precisa investir muito em gerenciamento de projetos para conseguir cumprir a inédita proposta de organizar consecutivamente a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

A opinião é de Gregory Balestrero, presidente do Project Management Institute internacional, que esteve em Porto Alegre nesta quinta-feira, 23, participando do VII Seminário de Gerenciamento de Projetos organizado pelo capítulo gaúcho da entidade.

Totvs calcula viabilidade de construções

A Totvs lança um software de análise de viabilidade para o mercado de empreendimentos imobiliários, focado no aquecimento do setor de construção civil brasileiro em função da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, além de programas como Minha Casa Minha Vida, do governo federal.