Tamanho da fonte: -A+A

Giuliano Cabral Caranante, sócio da ITCForce BCM & Risk Consulting, publica artigo no Baguete sobre como a Gestão da Continuidade de Negócios pode ser útil em casos de desastres.

Segundo o autor, o modelo de gestão mapeia os processos críticos e os ativos tecnológicos das corporações, fazendo análises de riscos, para entender o nível de criticidade das áreas, dos processos de negócio, qual a probabilidade de acontecer um evento e o impacto que esse evento poderá ter, caso se torne realidade.

No artigo, Caranante explica que não há um Comitê de Gestão de Crise formado, sendo que esse comitê é muito importante para o controle da situação e reestabelecimento da normalidade, e que também é preciso ter um plano para recuperação de catástrofe, visando reconstruir o cenário antes do evento.

“Olhando para o mundo corporativo, sabemos que na região serrana do Rio de Janeiro existem algumas empresas que, provavelmente foram afetadas. Isso poderia ser na sua empresa! Ela estaria preparada para um acontecimento como esse?”, questiona.

O artigo pode ser conferido na íntegra pelo link abaixo.