Tamanho da fonte: -A+A

A Droga Raia, rede de farmácias presente em todo estado de São Paulo, além das cidades de Curitiba, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, aumentou em dois anos seu número de lojas de 150 para 259, além de ampliar o faturamento de R$ 721 milhões, em 2006, para R$ 1,18 bilhão em 2008.

Com isso, o volume de dados gerados e administrados também cresceu, chegando a mais de 13 TB armazenados no data warehouse da empresa. Para gerenciar toda esta informação, a companhia optou pelo BI SAP BusinessObjects.

A ferramenta, com a qual a companhia administra dados sobre seus mais de 30 mil produtos e cerca de três milhões de clientes ativos, trouxe retorno sobre o investimento em menos de um ano, conta o diretor de TI da Droga Raia, Giovani Profili.

Segundo o executivo, quando constata que algum produto está com margem de lucro fora do especificado, a solução emite alertas aos profissionais de vendas imediatamente. “Isso nos permite realizar promoções estratégicas ou exclusivas a determinados clientes”, afirma.

Outros ganhos enumerados pelo executivo também são a velocidade com que os relatórios passaram a ser gerados.

“Relatórios que levavam entre sete e dez horas para serem gerados, agora são obtidos em, no máximo, três minutos”, comemora Profili. “E as informações são muito mais precisas, confiáveis. Hoje já é possível trabalhar sobre dados de vendas do dia anterior”, complementa.

Ainda segundo o CIO, com o BI a empresa ganhou capacidade de atuar com mais proatividade em relação aos produtos de cada loja. “Além disso, conseguimos associar a oferta de produtos (iguais ou diferentes) com uma margem de lucro mais adequada para o negócio”, conclui.

O diretor de TI também deixa dicas para quem estiver em busca de um BI para adequar a seus negócios.

“Certifique-se de que o parceiro já trabalhou com projetos no mesmo segmento e assegure-se que ele consegue garantir a permanência da mesma equipe ao longo de todo o projeto. O time de nosso projeto se manteve o mesmo durante 18 meses e, mesmo depois do fim da implantação, uma equipe continuou dedicada ao BO”, resume Profili.