A Daimler anunciou que vai trocar a solução de CAD da Dassault Systemes pelo NX da Siemens PLM nesta terça-feira, 03.

A mudança começa em 2012 e deve estar concluída até 2015 para carros e até 2016 para caminhões. A empresa já usava soluções da Siemens na área de gestão de ciclo de vida do produto há 10 anos.

Com a decisão, a montadora alemã vai integrar 20 centros de desenvolvimento e seus mais importantes fornecedores em uma só plataforma.

A Daimler é a 30ª maior montadora do mundo e faturou € 97,76 bilhões em 2010.
 
Analistas do Morgan Staney ouvidos pelo site especializado Automotive IT apontam que as perdas anuais da Dassault Systemes com a decisão da Daimler  devem ficar entre € 15 e € 20 milhões, o que representa cerca de 1% da receita da companhia em 2010.
 
A mudança é parte de uma ofensiva da Siemens no mercado automobilístico, onde recentemente Chrysler e Mercedes Benz tomaram a mesma decisão.
 
Na segunda, 02, durante sua palestra de abertura no Siemens PLM Connection, Tony Affuso, CEO da Siemens PLM Software, não poupou alfinetadas aos concorrentes franceses da Dassault.
 
Affuso destacou que a ferramenta de gestão de ciclo de vida de produto da Siemens já é usada por 24 das 25 maiores montadoras.
 
O PLM – que opera arquivos de qualquer fabricante de CAD – tem servido para propulsionar as vendas do NX.
 
* Maurício Renner cobre a Siemens PLM Connection em Las Vegas a convite da Siemens