A AGCO, fabricante e distribuidora global de equipamentos agrícolas, implantou o Oracle RAC 10g R2 para dar suporte e ampliar a disponibilidade do ERP JD Edwards, em um ambiente que envolve o data center sediado em Canoas, além de plantas de Santa Rosa, Ibirubá, Mogi das Cruzes e Haedo, na Argentina.

Com cerca de 2.140 usuários do ERP, a AGCO chega a contabilizar, em momentos de pico, 1 mil users concorrentes no software, o que gera uma média de 4,5 milhões de transações mensais.

A base de dados chega a 2 TB, armazenada em file system do tipo GPFS (General Parallel File System).

A estrutura de hospedagem das plantas que agora se beneficiam do Oracle RAC se baseia em dois servidores IBM P570 Power 6.

Já os sistemas satélites estão instalados em uma das duas instâncias de Oracle RAC no Oracle Database Standard Edition, hospedadas em dois servidores IBM P550Q Power 5+.

A AGCO usa o gerenciador de banco de dados Oracle para armazenar os dados do ERP há 11 anos, período no qual adquiriu fábricas e abriu novas unidades de negócio, apoiando a expansão na TI.

O projeto mais recente contou teve consultoria da porto-alegrense Advanced IT, que atende à AGCO desde 2001, em uma parceria que já envolveu suporte presencial ao ambiente de banco de dados, além de apoio no próprio projeto de implementação do ERP.

Nesta implementação, a Advanced atuou em todas as fases, que começaram pela instalação nas unidades Massey Ferguson de Canoas, Santa Rosa e Sumaré (2001), chegando à base de CKD, na Inglaterra, nos dois anos seguintes.

Depois, foi a vez da Valtra de Mogi das Cruzes, em 2006, e das unidades de Ibirubá em 2008 e Haedo, em 2011 – esta última com go live previsto para janeiro de 2012.

“A implantação do Orace RAC na AGCO teve como principais objetivos colocar o ERP JD Edwards em ambiente de alta disponibilidade, prover performance e suportar o crescimento do negócio, além de otimizar a utilização dos recursos computacionais”, afirma André Correa, diretor de TI da AGCO América do Sul.

Segundo ele, a participação da Advanced IT na implantação do Oracle RAC deveu-se não apenas aos projetos já realizados pela empresa porto-alegrense na companhia, mas também a sua expertise no gerenciador de banco de dados.

“A empresa já realizou mais de 50 projetos desta modalidade em outros clientes”, finaliza Correa.

A Advanced IT conta com uma unidade de Infraestrutura, responsável pela gestão de mais de 35 Tb de dados de cerca de 200 bancos de dados Oracle, SQL Server e Sybase de seus clientes – o equivalente a uma biblioteca de 21,9 milhões de volumes, aproximadamente;

Deste total, a maioria dos ambientes gerenciados é de alta complexidade e missão crítica.

Na unidade de infraestrutura, a empresa gaúcha também oferece soluções como planos de continuidade de negócios, alta-disponibilidade, performance e tuning, estabilização de go live, revisão e implantação de soluções de backup de banco de dados, migrações, upgrades, outsourcing e suporte 24×7.

Já a AGCO foi fundada em 1990 e oferece produtos como tratores, colheitadeiras, equipamentos para fenação e forragem, pulverizadores e peças de reposição relacionadas.

O portfólio é vendido por meio das marcas Challenger, Fendt, Massey Ferguson e Valtra, e distribuído por mais de 2,6 mil concessionárias e distribuidores independentes em cerca de 140 países.

Com sede global em Duluth, EUA, a AGCO fechou 2010 com receita líquida de vendas de US$ 6,9 bilhões.