Foto: site da BAT

A British American Tobacco (BAT), fabricante de cigarros que controla a Santa Cruz, assinou um contrato de sete anos e 160 milhões de euros em serviços de cloud computing da T-Systems.

Definido em nota da T-Systems como um dos maiores contratos de sua história envolvendo computação em nuvem, o acordo envolve inclui a subsidiária brasileira.

A BAT é a segunda maior empresa de cigarros com capital aberto do mundo, com vendas na ordem dos R$ 44,4 bilhões em 2011. A companhia controla marcas como Lucky Stike, Dunhill e Pall Mall.

O contrato prevê a consolidação dos atuais 10 data centers internacionais da BAT em três data centers globais – na Europa, Ásia e América do Sul.

A mudança de estratégia da BAT, comandada pelo gaúcho Nicandro Durante, presidente da Souza Cruz entre 2003 e 2005, terá reflexos diretos no Rio Grande do Sul.

Em março de 2006, a Souza Cruz inaugurou um data center em Cachoeirinha, com investimentos totais de R$ 24 milhões.

A estrutura centralizava as operações BAT e era então um dos três existentes no mundo, dando suporte a SAP com manutenção da IBM, telecomunicações e informática.

Em dois anos deve ser migrado para nuvem o sistema de gestão SAP da BAT, atualmente em fase de consolidação que até 2016 deve colocar 65 mercados da empresa na plataforma.

"Nossa estratégia de TI se concentra em um único portfólio de aplicações conectadas, baseado em tecnologias modernas padronizadas e que nos dá uma vantagem competitiva em todas as unidades de negócios", afirma Phil Colman, CIO da BAT.