Uma máquina de BI, literalmente: o Exalytics  Business Intelligence Machine é uma das vedetes do portfólio de lançamentos da Oracle durante o Oracle Open World 2011, que acontece até a quinta-feira, 08, em São Paulo.

“A solução oferece a mais rápida performance para aplicações de BI e planejamento”, garante Hermann Pais, diretor de Sales Consulting da Oracle.

Na prática, trata-se de uma plataforma de BI corporativo, baseada em hardware de 1 TB de memória que permite armazenar,5 TB de dados comprimidos.

“Trata-se de uma solução que permite quantificar dados não quantificáveis, ou seja: transforma qualquer informação em número para o trabalho de análise pelo software, o que permite analisar volumes gigantescos de dados em tempo real”, comenta Pais. “O Exalytics permite fazer BI em cima de dados não estruturados”, resume.

Os softwares de business inteligence e de banco de dados utilizados na “máquina de BI” não precisam, necessariamente, ser Oracle – embora os softwares da companhia contem com recursos expandidos na solução.

No entanto, a ferramenta – que também permite a modelagem e previsão de aplicações de planejamento – ainda não chegou ao Brasil.

A meta é que chegue em breve. Pais, entretanto, prefere não se comprometer com uma previsão de data.

Gláucia Civa cobre o Oracle Open World - Java One 2011 a convite da Oracle.