Sulgás: controle de rede com E3

09/12/2011 12:20

A Sulgás - Companhia de Gás do Rio Grande do Sul adotou o E3, sistema supervisório da porto-alegrense Elipse Software, em um projeto tocado por um consórcio entre Altus e Syspro Quality que envolveu investimento de R$ 7 milhões.

Foram adquiridas cinco licenças da solução, que permite monitorar, remotamente e em tempo real, os 542,3 km de linhas de distribuição subterrâneas da companhia, que atendem a cinco mil clientes industriais, comerciais e residenciais em áreas urbanas e rurais.

Tamanho da fonte: -A+A

A Sulgás - Companhia de Gás do Rio Grande do Sul adotou o E3, sistema supervisório da porto-alegrense Elipse Software, em um projeto tocado por um consórcio entre Altus e Syspro Quality que envolveu investimento de R$ 7 milhões.

Foram adquiridas cinco licenças da solução, que permite monitorar, remotamente e em tempo real, os 542,3 km de linhas de distribuição subterrâneas da companhia, que atendem a cinco mil clientes industriais, comerciais e residenciais em áreas urbanas e rurais.

A Altus foi responsável por toda a customização do software de acordo com as necessidades do projeto. Além disso, forneceu, junto coma Syspro Quality, a tecnologia para a transmissão dos dados das linhas de distribuição da Sulgás ao sistema de supervisão e controle.

Por meio das telas do E3, integradas à tecnologia de transmissão de dados GPRS, os operadores da empresa podem supervisionar as variáveis de temperatura, pressão e vazão do gás no processo de distribuição.

O volume consumido pelos clientes, assim como o status do sistema anti-corrosivo dos dutos por onde o gás é distribuído, também são supervisonados pelo software.

Além disso, o sistema fornece dados sobre o faturamento para o URP (Unidade de Referência de Preços) da empresa e alertas em caso de anormalidade.

Por exemplo: se houver um aumento de pressão nos dutos de gás, o E3 exibe uma mensagem nas telas dos operadores, informando a hora, data e maiores detalhes referentes à falha.

Assim, a equipe pode fazer a manutenção antes que o problema se agrave.

O software também permite emitir históricos e gráficos customizados, conforme a necessidade do cliente e que podem ser exportados para PDF e impressos.

Os R$ 7 milhões investidos no projeto incluem todo o projeto e arquitetura do sistema, o que vai além da compra do supervisório da Elipse, passando pela tecnologia de GPRS, instalação de equipamentos nos usuários, montagem da sala de operações, gastos com computadores e mão de obra.   

Em detalhes
Só da Elipse, as cinco licenças adquiridas compreendem uma de Server Ilimitado, uma de Server Ilimitado Hot-Stand-By, uma de Viewer Control, duas de OPC Server e um driver Elipse SuperDriver - mais nova tecnologia da Elipse para utilização de mais de um protocolo em um mesmo canal de comunicação.

A solução tem estrutura capaz de se associar a múltiplos drivers, gerando itens chamados “escravos”, que terão definições de configurações isoladas por perfis de drivers.

Assim, os tags de comunicação existentes na aplicação, referenciados aos “escravos” por algum campo de configuração, terão seus parâmetros repassados à respectiva instância de driver apontado.

Gás na TI!
Não é de hoje que a Sulgás aposta na TI para potencializar sua operação e seus negócios.

Usuária do ERP Totvs desde 2010, a companhia projeta economizar, até o fim de 2012, R$ 400 mil com base em um comparativo com os custos gerados pelo antigo sistema de gestão.

Sociedade de economia mista que tem como acionistas o estado (51%) e a Petrobras Gás – Gaspetro (49%), a Sulgás encerrou 2009 (último exercício divulgado) com receita operacional líquida de R$ 338,8 milhões.

Conforme Erlen Gerhardt dos Santos, gerente executivo de TI da Sulgás, não é só dinheiro que o ERP Totvs ajuda a economizar: tempo também.

Antigamente, segundo ele, para solicitar um restore de banco de dados a companhia tinha de pedir com antecedência de 48 horas para a empresa que hospedava o ambiente, acessível via Internet.

Hoje, isso é feito diretamente, sem necessidade de antecipação.

Além disso, a companhia ganhou agilidade na operação da aplicação, já que antes usava o sistema em plataforma distribuída, com infraestrutura de conectividade limitada, ao passo que hoje tudo funciona em rede interna.

Com isso, a redução média no tempo de operação superou em três vezes a performance anterior.

Além disso, ao longo de 2011 a Sulgás também adotou sistemas para as áreas de ponto eletrônico, GED, workflow, visão descentralizada e quiosque eletrônico.

A fornecedora da vez

Já a Elipse Software tem sede em Porto Alegre e filiais em São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, no país.

No exterior, tem unidades em Taiwan e nos EUA.

A empresa gaúcha também vende para Alemanha, Índia, Rússia, Suécia, Argentina, Chile, entre outros mercados, contando com mais de 20 mil cópias instaladas em todo o mundo.

Veja também

Sulgás vai economizar R$ 400 mil com Totvs

A Sulgás - Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul projeta obter economia de R$ 400 mil em função do uso do ERP Totvs até novembro de 2012, quando se completarão dois anos de uso do software.

A empresa, uma sociedade de economia mista que tem como acionistas o estado (51%) e a Petrobras Gás – Gaspetro (49%) e encerrou 2009 com receita operacional líquida de R$ 338,8 milhões, calcula a economia com base em um comparativo com os custos gerados pelo antigo sistema de gestão.

Sulgás vai usar pregão on line Banrisul
O Banrisul e a Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás) assinaram um convênio para o uso do Pregão On Line Banrisul nesta segunda-feira, 13.

Somente no primeiro semestre de 2009, o portal do Banrisul movimentou R$ 136 milhões em 7.716 certames, o que possibilitou aos usuários uma economia média nas compras de 14,63%, equivalente a R$ 23,4 milhões.
Elipse automatiza fábrica de tintas da Luminar

A Luminar Tintas e Vernizes, de São Paulo, automatizou a fabricação de suas mais de 30 mil tintas com o supervisório Elipse E3, da porto-alegrense Elipse Software.

Implementada pela Point Tecnologia em Automação, a solução permite aos operadores da Luminar controlar toda a produção de tintas sem precisar sair do Centro de Operações, situado na própria fábrica.

Elipse automatiza termoelétricas em PE

A porto-alegrense Elipse Software automatizou as termelétricas Termomanuas e Pau Ferro I, localizadas em Igarassú (PE), com o supervisório Elipse E3.

Com a solução, os operadores da EPESA (Centrais Elétricas de Pernambuco) podem controlar o status dos diferentes equipamentos que integram as usinas em tempo real.

Os geradores produzem até 246 MW, suficiente para abastecer uma cidade de até 500 mil habitantes.

Elipse automatiza parque fabril da Randon

A Randon Implementos adotou o Elipse E3, solução de supervisão e controle da porto-alegrense Elipse Software, em sua fábrica de Caxias do Sul.

Com o software, a companhia passou a controlar os sistemas da fábrica remotamente e em tempo real.

No projeto, o desenvolvimento e implementação do supervisório foram realizados por uma equipe interna de automação industrial da Randon.

Elipse Software abre filial no RJ

A porto-alegrense Elipse Software, abriu uma filial na praia do Botafogo, no Rio de Janeiro, de onde pretende ampliar sua base de clientes no estado fluminense.

Inaugurado na última segunda, dia 11, a unidade quer aproveitar os investimentos futuros no estado.

Elipse: mais uma novidade para setor de energia

A Elipse Software lança o Elipse Power, software para gestão da operação de subestações, redes de transmissão e distribuição de energia elétrica.

O software apresenta um conjunto de aplicativos de análise de sistemas elétricos como fluxo de potência, estimador de estados, descarte de cargas e localizador de faltas.  

Elipse automatiza distribuição da Cemar

A Companhia Energética do Maranhão - Cemar adotou o Elipse Power, da gaúcha Elipse Software, para ampliar o controle sobre uma parte de sua rede de distribuição responsável por fornecer energia a 145 municípios - 67% da área total atendida.

O software é a mais recente tecnologia desenvolvida pela Elipse para a área energética.

Elipse versão 3.5: para todo tipo de usuário

A Elipse Software, de Porto Alegre, apresenta a nova versão do Elipse E3.

Agora, o software de supervisão e controle de processos agrega mais flexibilidade, incluindo pacotes criados para atender a mercados que não necessitam de todos os recursos da versão padrão.

Um destes pacotes é o E3 IHM, voltado para a utilização como interface homem-máquina.

Elipse expande atuação para Indonésia

A porto-alegrense Elipse Software acaba de ampliar sua atuação no exterior. A empresa firmou uma parceria com a P.T. Winindo Karya Dinamika, da Indonésia.

A companhia gaúcha iniciou a expansão internacional em 2007, quando abriu sua filial em Taiwan. Hoje, a Elipse vende para diversos mercados da Ásia, além de EUA, Alemanha, Índia, Rússia, Suécia, Argentina, Chile, entre outros, contando com mais de 20 mil cópias instaladas em todo o mundo.

Elipse de casa nova em Taiwan

A Elipse Software, de Porto Alegre, acaba de inaugurar um novo escritório em Taiwan.

Situado no centro da cidade de Kaohsiung, a unidade de cerca de 170 metros quadrados de área substitui a antiga sede da companhia no país, de onde atende a clientes do Japão, Coréia do Sul, Indonésia, Malásia, Tailândia e Austrália.