Giovani Amaral, CEO da Sofit

A Sofit, empresa especializada em soluções SaaS para nichos diversos, lança uma estratégia para credenciar pelo menos cinco novos canais em 2011, chegando a 30 parceiros em três anos.

A companhia busca aliados em todo o país, não apenas atuantes na área de TI, mas principalmente especializados nas áreas de negócios verticais atendidas pelas soluções da Sofit.

Atualmente, já há negociações com empresas interessadas em distribuir o Sofit4Transit, solução para gerenciamento de frotas destinada a companhias como transportadoras, indústrias, operadores logísticos e redes de varejo, entre outras.

“Nesse caso queremos fazer parceria com empresas corretoras de seguros e distribuidoras de combustíveis, que estão em contato no dia-a-dia com os frotistas”, explica Giovani Amaral, CEO da Sofit.

Com isso, segundo ele, a meta é sair do modelo tradicional dos canais TI, “acostumado a gerar receita com a venda de licença de uso e horas de implantação e consultoria”.

Amaral explica que, como a oferta SaaS não demanda investimento em infraestrutura ou complexidade tecnológica, o melhor interlocutor para as soluções acaba endo o responsável pela área de negócio que o produto atende.

Em 2012, segundo o executivo, este mesmo modelo será replicado em vários países da América Latina, como Colômbia, Argentina, Chile, Peru, Venezuela e México.

A Sofit é uma empresa liderada por Jorge Steffens, Paulo Sérgio Caputo e Giovani Amaral, todos ex-executivos da Datasul.

O carro-chefe do portfólio da companhia, o Sofit4 Transport, foi adquirido da Totvs, por R$ 400 mil, no ano passado.

Desenvolvido pela Datasul antes da sua compra pela Totvs, em julho de 2008, o software é baseado na plataforma de cloud computing da Sales Force e vendido exclusivamente na modalidade SaaS.

Em cinco anos, a Sofit projeta faturar R$ 11 milhões no Brasil e na América Latina.

Para tanto, a empresa prevê investimentos diversos - R$ 600 mil só no primeiro ano -, dos quais 70% virão da DLM, fundo de investimento controlado por Steffens e Caputo.