A Dassault Systèmes faturou € 1,563 bilhão no ano passado, uma alta de 20% frente a 2009.

Na região das Américas, na qual o Brasil está inserido, o montante chegou a € 456,5 milhões, representando 12% de crescimento em comparação a 2009.

As vendas de software PLM acumularam € 1,099 bilhão, enquanto para soluções 3D, o resultado foi de € 311,5 milhões. Serviços e outras atividades somaram € 152,8 milhões.

“Como indicam os nossos objetivos financeiros para 2011, o ano será de forte desempenho, com crescimento de dois dígitos na receita de novas licenças”, afirma Bernard Charlès, presidente e CEO da Dassault Systèmes.