A gaúcha Tedesco, especializada em software para jurídicos corporativos, aposta nos últimos dois meses do ano para alcançar a meta de aumentar em 38% o faturamento sobre 2010, o que será superior à média histórica registrada pela empresa nos últimos anos.

Conforme o diretor da companhia, Álvaro Barreto, tradicionalmente nesta época os departamentos jurídicos das empresas enfrentam a temporada de auditorias, tanto no front interno como no externo.

“A necessidade da geração de relatórios para atender aos processos de auditoria faz com que as companhias fiquem mais sensíveis para investir em seus departamentos jurídicos, seja adquirindo novas soluções, seja investindo na melhoria das já existentes”, destaca o executivo.

E é aí que se abrem as portas para a empresa porto-alegrense, que de janeiro a junho deste ano já registrou crescimento de 19% sobre o mesmo período do ano passado, segundo Ricardo Matos, responsável pela Área Financeira da Tedesco.

“Agora, o momento é muito bom, pois entregamos às empresas uma solução que assegura a entrega de resultados nas datas pré-definidas em contrato, com flexibilidade no pagamento”, destaca o diretor.

Com escritórios em Porto Alegre e São Paulo, a Tedesco atende a clientes no Brasil, EUA, Europa e América Latina.

A carteira inclui mais de 300 empresas, entre as quais AmBev, Camargo Corrêa, Cielo, CPFL, CSN, Souza Cruz e Wal-Mart, entre outras.