PR, RJ e MG lideram pirataria, diz ABES

12/04/2011 12:06

Rio de Janeiro, Paraná e Minas Gerais lideraram em volume de apreensões de softwares piratas, com 461,6 mil, 139,5 mil e 119,3 mil, respectivamente, no primeiro trimestre de 2011.

O dado é da ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software) e a ESA (Entertainment Software Association), que divulgaram nesta terça-feira, 12, os resultados das ações de combate à pirataria realizadas no Brasil entre janeiro e março deste ano.

Tamanho da fonte: -A+A

Rio de Janeiro, Paraná e Minas Gerais lideraram em volume de apreensões de softwares piratas, com 461,6 mil, 139,5 mil e 119,3 mil, respectivamente, no primeiro trimestre de 2011.

O dado é da ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software) e a ESA (Entertainment Software Association), que divulgaram nesta terça-feira, 12, os resultados das ações de combate à pirataria realizadas no Brasil entre janeiro e março deste ano.

De acordo com as entidades, ao todo foram efetuadas 181 operações nos principais centros de comércio popular do país, 8% a mais do que no mesmo período de 2010.

As ações resultaram na captura de 759,2 mil CDs de programas de computador falsificados, um salto de 81% ano/ano.

Conforme Antônio Eduardo Mendes da Silva, coordenador do Grupo de Defesa da Propriedade Intelectual da ABES, o Brasil acaba de ser excluído pelos EUA da lista de países considerados desafiadores no que se refere à pirataria e ao contrabando.

“Fomos a única nação do BRIC a alcançar tal resultado”, afirma o executivo.

Fechando o ciclo das iniciativas feitas no período, as entidades divulgaram ainda o saldo das ações relacionadas ao monitoramento da venda de softwares falsificados na Internet.

Ao todo, foram retirados do ar 86 sites e 4,7 mil anúncios destinados a essa finalidade, valores 9% e 17% maiores que os alcançados no primeiro trimestre de 2010, respectivamente.
 

Veja também

Abes pede reformas para TI

O presidente da Brasoftware e Vice-Presidente do Conselho da ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software), Jorge Sukarie, pede mudanças referentes à carência de profissionais, à reforma tributária e aos custos em TI, em artigo publicado nesta edição do Baguete Diário.

Abes: software terá alta de 20% em 2010

O setor de software no Brasil tem condições de crescer cerca de 20% este ano em relação a 2009, recuperando ritmo observado há alguns anos, afirmou a Abes, nesta quinta-feira, 08.

Abes passa a integrar o Cetic-SC

A Abes - Associação Brasileira das Empresas de Software é a nova integrante do Cetic/SC - Conselho de Entidades de Tecnologia da Informação e Comunicação de Santa Catarina.

O Cetic é um fórum composto por 14 associações que buscam defender causas comuns que fomentem o desenvolvimento econômico, tecnológico e social do setor de TI, e parceria faz parte do plano de ação traçado pela Abes para os próximos três anos.

Schmitt assume presidência da ABES

A Associação Brasileira das Empresas de Software - ABES elegeu na última semana os novos membros da diretoria executiva que estarão à frente da entidade pelos próximos três anos.

Assume a posição de presidente da entidade Gerson Schmitt, cargo exercido até o momento por José Curcelli.

Pirataria atrai 53 bi de internautas por ano

Levantamento da MarkMonitor indica que os sites com conteúdos digitais pirateados atraem, em média, 53 bilhões de visitas por ano.

O estudo foi patrocinado pela Câmara de Comércio dos EUA, e realizado junto a 43 sites.

Também foram analisados 48 sites de comércio de mercadorias falsificadas. Juntos, atraem 87 milhões de visitas por ano.

Pirataria: universidades condenadas

A catarinense Unisul e mais nove universidades (Anhembi Morumbi, Uniderp, Unimonte, Universidade Veiga de Almeida, Unitri, Centro Universitário Newton Paiva, Universidade Potiguar, Unama e a UVV/Sedes) foram condenadas a pagar uma indenização milionária - o valor exato ainda está por definir - em um caso de pirataria de software.

Tropa 2 não resiste à pirataria

Apesar da blindagem, o filme Tropa de Elite 2 foi pirateado na internet.

Demorou cerca de uma semana para as cópias feitas com filmadoras portáteis começarem a circular em sites de torrent.

Ao contrário da primeira versão, que vazou ainda na fase de edição, com boa qualidade de imagem, o Tropa 2 chega em baixa qualidade de gravação, com 20% a menos de filme e áudio precário, relata o portal Exame.

Prova de que as medidas contra vazamentos funcionaram.

EUA buscará pirataria em sites estrangeiros

Os Estados Unidos fiscalizarão sites estrangeiros que estiverem pirateando músicas e filmes norte-americanos, afirmou o vice-presidente, Joe Biden.

"Isso é roubo, puro e simples. É arrombar e tomar, não é diferente de alguém passeando pela Quinta Avenida que arromba a porta da Tiffany's e pega o que achar lá", declarou o vice-presidente.

Pirataria gera indenização de R$ 1 bilhão

Uma ação por uso indevido de software pode resultar em uma indenização de até R$ 1 bilhão, isso mesmo, R$ 1 bilhão.

Brasil: menor pirataria do BRIC, 2ª menor da AL

O Brasil obteve redução de dois pontos percentuais no índice de pirataria de software no último ano, chegando a uma taxa de 56%. É o quarto ano consecutivo de queda no índice: no acumulado de 2005 a 2009, o volume de programas ilegais do país caiu oito pontos percentuais.

RS é 4º estado que mais perde com pirataria

O Rio Grande do Sul é o quarto colocado no ranking nacional dos estados com maiores prejuízos devido à pirataria na área de informática.

É o que indica um estudo do IDC, segundo o qual em 2008 a região perdeu cerca de R$ 213 milhões devido a este tipo de crime.