Prikladnicki

Tamanho da fonte: -A+A

A PUC-RS e a multinacional brasileira Ci&T firmarão um convênio para financiamento de pesquisa em nível de pós-graduação para o desenvolvimento distribuído de software.

Não foram revelados os valores que a empresa investirá no projeto.

O foco é desenvolver e aprimorar técnicas e estratégias para a formação de equipes de alto desempenho em desenvolvimento distribuído de software, por meio de simulação de proximidade física e metodologias ágeis.

“A parceria com a Ci&T é a sinalização de que esta área está se tornando muito importante e fundamental para as empresas brasileiras que visam o mercado global”, diz o professor Rafael Prikladnicki, coordenador da atividade na PUC-RS.

A pesquisa também busca trazer soluções para barreiras naturais desse tipo de atividade, como fuso horário, distância física e idiomas.

O coordenador do projeto e gerente do centro de desenvolvimento de metodologia ágil da Ci&T, Fernando Ostanelli, explica que a visão de integração global de times não é, ainda, uma realidade na indústria de TI, mas ela é fundamental para suportar a estratégia da companhia de globalização.

De acordo com o executivo, a escolha pela PUC-RS se deu pela experiência no assunto e pela sua aproximação com o mercado.

Segundo Prikladnicki, a PUC-RS desenvolve pesquisas na área há mais de 10 anos, mas sempre com empresas multinacionais, com operações offshore no Brasil.

O documento será assinado no dia 18 de maio.

Consultoria especializada em gestão, projeto e outsourcing de aplicações, serviços SAP, governança de TI e marketing digital, a Ci&T conta com escritórios no Brasil, Europa, Estados Unidos e Ásia.

Entre os clientes da empresa estão Perdigão, UOL, Rede Globo, Petrobras e Souza Cruz.

* O Baguete Diário cobre a BITS 2010 com patrocínio da HervalTech - HP e TI Works e apoio da Radioativa Produtora, Unirede e Softsul.