Tamanho da fonte: -A+A

Quando o assunto é SAP, a palavra de ordem da Resource é rapidez: a integradora vem ao SAP Fórum com anúncios de um projeto relâmpago de implantação do ERP alemão em três meses na Magna Seating, e a conquista da certificação RDS, vinda do inglês Rapid Deployment Solution.

O projeto para a Magna foi realizado na fábrica de São Bernardo do Campo, mais nova unidade da fabricante de componentes para bancos automotivos, e terá integração com a unidade da Argentina ainda este ano e com as operações de Gravataí-RS e São Joaquim de Bicas-MG ao longo dos próximos dois anos.

“O principal desafio da implantação de todos os módulos do SAP na nova fábrica foi o curto espaço de tempo, exigido por nossa matriz canadense: entre março e julho de 2011, em paralelo à construção da operação”, conta Wagner Castellani, gerente Sênior de TI da Magna Seating.

Segundo ele, o projeto abrangeu a estruturação de todas as áreas da unidade – do chão de fábrica às vendas, passando pelos departamentos financeiro, de logística e controladoria.

A implantação também foi simultânea à contratação dos 200 colaboradores da fábrica, dos quais hoje 40 usam o ERP, todos treinados pela Resource.

Para cuidar de tudo, uma equipe de 12 especialistas em SAP da Resource foi alocada no escritório da Magna, em São Paulo.

“Tudo foi facilitado pelo fato de os consultores serem especialistas na tecnologia e trilingues, que interagiram com nosso pessoal em inglês, português e espanhol”, afirma Castellani.

Hoje, entre os resultados, a Magna Seating comemora a integração trazida pelo ERP aos processos de controle e logística, permitindo desde a programação de materiais a serem comprados e vendidos, até a própria produção e expedição.

A Magna Seating pertence à Magna, canadense com sede em Toronto que emprega 396 mil colaboradores em 358 pontos de presença espalhados por 26 países.

A empresa atende a clientes como Volkswagen, Renault, Ford e Mercedes Benz.

No Brasil, além da fábrica de componentes para bancos, a holding também mantém a Magna Closures, que produz maçanetas e vidros retrovisores em Vinhedo-SP e a Magna Cosma, que fabrica eixos e carrocerias, em Jundiaí-SP.

Runnig! Rapid!
Rápida no projeto, rápida na certificação: a Resource acaba de se tornar uma das duas únicas empresas do país – ao lado da Mais CRM - a obter a titulação RDS, válida para o módulo de CRM da SAP; e de conquistar também a titulação RunSAP.

O vice-presidente de Soluções da Resource, Marcos Peano, explica que, no caso do RDS, a titulação atesta capacidade para atuar com agilidade máxima em uma solução pré-configurada e que, por ter escopo e preços pré-definidos, é não só rápida, como também econômica.

“Somos uma das cinco maiores integradoras brasileiras de soluções de TI, e nos consolidamos como parceiros SAP após a aquisição da BBKO, em março de 2011. Hoje, temos cerca de 500 consultores especializados na tecnologia da multi alemã”, destaca Peano.

O gerente de serviços SAP da integradora, Roberto Aran, também ressalta a mobilidade como um dos motores do crescimento dos negócios nesta carteira.

“Com a plataforma MEAP – Mobile Enterprise Application Platform é possível gerir todo o ambiente de trabalho móvel, seja na área de vendas, serviço de campo e outros, com controle e redução do TCO”, garante Aran. “As soluções SAP/Sybase asseguram isso”, completa.

Neste ambiente, outro case trazido pela Resource para o SAP Fórum é o da Drogacenter, quarta maior distribuidora de medicamentos nacional, que atende a cerca de 12 mil clientes e movimenta mais de 8 mil itens, entre remédios e perfumaria.

“Com o SAP BPC, ampliamos nosso planejamento orçamentário, dando liberdade aos usuários na parametrização de relatórios e aumentando a segurança no alinhamento da apuração do realizado gerencial com o contábil”, comenta o gerente de Planejamento e Controle da Drogacenter, João Paulo Thomazini.

 

Gláucia Civa cobre o SAP Fórum 2012, em São Paulo, a convite da SAP Brasil.