NA FACUL

Senior: Administração com ERP

13/04/2012 11:18

Fernando Silva. Foto: Divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

A blumenauense Senior firmou uma parceria com a Universidade para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí (Unidavi), de Rio do Sul, para incluir desenvolvimento de ERP na grade curricular do curso de Administração.

No projeto, a Senior entra com investimento em torno de R$ 600 mil, com a doação de 100 licenças de seu ERP, além de treinamento de consultores da distribuidora Alto Vale Sistemas, que irão ministrar as aulas sobre o software.

A meta é atender a 100 alunos no primeiro semestre deste ano, divididos em duas turmas, e outros 100 no segundo semestre.

“A prática integra a disciplina de Estudos de Práticas Gerenciais”, explica Fernando da Silva, gerente de Produto da Senior. “Com as aulas práticas, os alunos poderão vivenciar o funcionamento de um ERP, o que contribui para formar profissionais alinhados às demandas do mercado”, completa.

Este alinhamento, segundo o executivo, também é o que reforça o posicionamento da disciplina no curso de Administração, e não necessariamente em um de tecnologia.

Para Silva, o foco em gestão também é demandado aos profissionais da TI.

Demanda que a parceria, ainda que seja a primeira a ser firmada pela Senior neste formato com uma instituição de ensino, já começa cobrindo consideravelmente: só no primeiro ano, se os 200 alunos projetados forem atendidos, já serão 40% dos cerca de 500 alunos que a Unidavi tem hoje na área de Gestão, da qual faz parte a graduação em Administração.

A Senior fechou 2011 com R$ 400 milhões em volume de negócios, alta de 14% sobre o ano anterior, e para 2012 projeta crescer 20%, chegando aos R$ 480 milhões.

Nisso tudo, os investimentos em capacitação, pesquisa e desenvolvimento participam com destaque, conforme Silva.

“Em 2011, investimos R$ 21 milhões em P&D e R$ 1,3 milhão em capacitação. Este ano, prevemos investir R$ 24 milhões na primeira área e R$ 2,3 milhões na segunda”, finaliza o executivo.

Especializada em ERP, a Senior tem matriz em Blumenau e filiais em São Paulo, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, além de unidades localizadas nos principais centros do país e mais de 100 canais distribuídos por todo o Brasil.

A companhia também atua no mercado latino-americano.

Ao todo, emprega cerca de 3 mil pessoas, entre colaboradores, parceiros comerciais e canais de distribuição.
 

Veja também

ÀS COMPRAS
Senior segue comprando em 2012

A estratégia que no ano passado uniu a Senior em Porto Alegre à operação nacional da empresa deve seguir em 2012.

Fusões são uma das apostas da empresa para ampliar a atuação no mercado nacional ao longo do ano, diz o presidente da Senior, Jorge José Cenci.

Como resultado, a empresa espera uma alta de 20% em volume de negócios, chegando a R$ 480 milhões até o final desse ano.

LEVE NO BOLSO
Senior poupa R$ 200 mil com desoneração

A polêmica medida de desoneração do setor de TI, que tem dividido entidades de classe, é uma boa para a Senior. Segundo o balanço da empresa, a medida trará uma economia de R$ 200 mil mensais.

Dentro do Plano Brasil Maior, o software é beneficiado com uma redução da alíquota, que sai dos 20% do INSS para 2,5% do faturamento total.

QUERO MAIS
Senior: rumo aos R$ 480 mi em 2012

A Senior teve um volume de negócios de R$ 400 milhões em 2011, crescendo 14% em relação ao ano anterior, quando gerou R$ 362 milhões.

Para 2012, a meta da empresa é uma alta de 20%, chegando a R$ 480 milhões.

De acordo com o diretor de Mercado da Senior, Hermínio Gastaldi, em 2011 a Senior investiu R$ 21 milhões em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) e R$ 1,3 milhão em capacitação.

Bassano integra tudo com ERP Senior

A Metalúrgica Bassano, de Nova Bassano-RS, adotou o ERP da blumenauense Senior.

O projeto é realizado pela Senior Porto Alegre, uma das frentes de negócio da gaúcha Ruá, que em dezembro do ano passado iniciou um processo de fusão com a Senior.

Brasília: força para o ERP gratuito nas cidades

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) abriu nesta terça-feira, 24, uma consulta pública sobre a criação de uma ata de registro de preço para contratação de serviços para alguns softwares disponíveis no Portal do Software Público.

Vendas de ERP chegam a US$ 37,9 bi

Dados da consultoria IDC estimam em US$ 37,9 bilhões os gastos mundiais com ERPs.

O número calculado pelos analistas de mercado representa uma expansão de 10% na comparação com os resultados obtidos no ano anterior.

No ano seguinte, no entanto, o mercado deverá apresentar uma desaceleração, registrando alta de 6,3% frente a 2011, segundo a mesma consultoria.