Leandro Coletti, diretor Comercial da iVirtua, acaba de deixar a empresa, após quase 7 anos.

 
O profissional não divulgou seu novo destino. Assume a posição Evana Gallas, diretora de Marketing da companhia de Montenegro.
 
De acordo com a iVirtua, a saída se deve a uma reestruturação da organização, especializada em soluções de gestão do ciclo de vida de TI.
 
Antes de entrar na empresa, com 27 anos, Coletti atuou como consultor de negócios na Immediate Consultant and Systems por três anos e na Oracle por outros dois.
 
A saída se dá pouco mais de um mês depois de ser divulgado um acordo, cujos valores não foram divulgados, que pôs fim a uma disputa pela composição acionária da iVirtua. 
 
Após 3,5 anos, entre os quais se incluiu todo um 2010 de intervenção judicial, o fundador e presidente da empresa, Cristian Robert Gallas, comprou a parte do sócio Tiago Mabilde e ficou com 90% da companhia, que também tem Paulo Gallas na sociedade, com os 10% restantes.
 
Mabilde, que não se manifestou sobre o assunto na época, fechou o acordo por um valor que Gallas definiu como “mais de R$ 1 milhão e menos de R$ 10 milhões”. O empresário é hoje um dos sócios da Venture Capital Warehouse Investimentos
 
A iVirtua fechou 2010 com faturamento de R$ 6 milhões, a metade do obtido em 2009, resultado atribuído pela companhia às dificuldades originadas pela intervenção judicial. Para este ano, a meta é crescer 25%, chegando a R$ 7,5 milhões.