TI no campo: Siagri compra IT Provider

14/12/2011 17:45

A Siagri Sistemas de Gestão, especializada em software para o segmento de distribuição de insumos agrícolas, acaba de incorporar a IT Provider, de ERP para agricultura e agropecuária.

A transação, de valor não revelado, teve assistência da PA Latino Americana, especializada na área de gestão corporativa; Markestrat, empresa de pesquisa e projetos de marketing e estratégia, e da V2 Finance, consultoria especialista em fusões e aquisições.

Tamanho da fonte: -A+A

A Siagri Sistemas de Gestão, especializada em software para o segmento de distribuição de insumos agrícolas, acaba de incorporar a IT Provider, de ERP para agricultura e agropecuária.

A transação, de valor não revelado, teve assistência da PA Latino Americana, especializada na área de gestão corporativa; Markestrat, empresa de pesquisa e projetos de marketing e estratégia, e da V2 Finance, consultoria especialista em fusões e aquisições.

Com a compra, nasce a oferta integrada dos softwares Siagri Agibusiness e IT Provider AgriManager, o que amplia o leque de atuação da Siagri.

“Avançamos a atuação para as verticais de produção agrícola, armazenagem, algodoeiras, laboratórios de análise de sementes, sementeiras e pecuária”, destaca Carlos Antonio Barbosa, presidente da compradora.

Além de absorver a tecnologia e toda a equipe da IT Provider, os sócios da empresa, Francisco Eduardo Bitu de Freitas e Francisco Rodrigues Filho, passam também a fazer parte do quadro societário da Siagri, nas diretorias de Produtos e Serviços e de Tecnologia, respectivamente.

Com 600 clientes que operam através de 1,2 mil estabelecimentos, a Siagri continuará atendendo às demandas específicas de cada setor, garante Barbosa.

“Na prática, o perfil de produto e serviço que oferecemos é diferencial de mercado: os softwares que existem para o setor não contemplam o back office de um ERP integrado a soluções especialistas, oferta que está presente tanto no AgriBusiness quanto no AgriManager”, afirma o executivo.

Com crescimento na casa dos 40% ao ano, a Siagri tem sede em Goiânia e escritórios em Rio Verde e Aparecida de Goiânia.

Com a compra, a companhia vai manter a operação da matriz da IT Provider, em Primavera do Leste-MT.
 

Veja também

BITS: Datacoper é TI no agronegócio

A Datacooper, de Cascavel, trouxe suas soluções de gestão, BI, CRM e mobilidade para a BITS 2011, realizada da terça-feira, 10, à quinta, 12, em Porto Alegre.

No evento, a companhia paranaense ressaltou sua meta de crescimento de 20% estipulada para este ano com base especialmente nas ferramentas de CRM integrado à mobilidade, que possibilitam aproximar e gerenciar o relacionamento entre organizações como cooperativas e indústrias cerealistas e de insumos e o produtor rural.

Agro Bom Jesus: TI é força do agronegócio!

A Cooperativa Agroindustrial Bom Jesus, de Lapa-PR, aposta na TI para atuar junto a cerca de 3,7 mil associados em mais de dez cidades, gerindo o recebimento e distribuição de cereais e insumos, além de administrar um faturamento anual de cerca de R$ 250 milhões.

Com Digibase, satélite ajuda agronegócio

A Digibase, especializada em bases de dados geográficos, lança a Solução Verde, para monitoramento de áreas agrícolas e gestão da produção de alimentos.

A solução utiliza a base de imagens de satélite da Digibase para dar ao usuário informações sobre biomassa, tamanho de áreas de cultura agrícola, fases de crescimento e colheita, dados de cobertura de solo e mudanças ocorridas nas áreas plantadas, entre outras.

SPRO, Maxicon e SAP: foco no agronegócio

A curitibana SPRO IT Solutions lança o SPROMaxys, solução voltada ao mercado de agronegócio, com foco no segmento de grãos. Conforme a companhia, é o primeiro sistema específico para este segmento que permite integração com o ERP SAP.

Agronegócio: TI brasileira vai ao México
Totvs, Biosalc e Nexo CS serão as três representantes da vertical brasileira de Agronegócios do Projeto Brazil IT (PSI-SW) a participarem da missão comercial organizada pela Softex/Apex-Brasil ao México.
ERP Maxys gere R$ 4 bi em agronegócios/ano
A Maxicon, empresa de Toledo-PR especializada em soluções para o agronegócio, projeta um crescimento de 30% para 2009.

A empresa, que comemora dez anos de mercado, baseia a projeção nos bons resultados dos últimos tempos: hoje, a companhia soma, por exemplo, 1,2 mil usuários diretos de seus sistemas, que são utilizados para a gestão de aproximadamente 4,8% de toda produção de soja do Brasil
CPM Braxis mira o agronegócio
A CPM Braxis lança um portfólio de soluções focado nas empresas de toda a cadeia produtiva dos setores agrícola e pecuarista.

As ferramentas, desenvolvidas a partir de experiências da companhia no atendimento de grandes clientes do agribusiness, atendem a todo o ciclo produtivo das companhias - sejam processos industriais, de campo ou back Office.