Huawei compra parte da Symantec em joint

16/11/2011 16:08

A Huawei Technologies acaba de adquirir a participação de 49% da Symantec na joint venture Huawei Symantec Technologies, em uma transação de US$ 530 milhões.

A transação dá à Huawei propriedade total da Huawei Symantec, que tem sede em Hong Kong e foi estabelecida pelas duas empresas em 2008, com oferta integrada de soluções de segurança, armazenamento e gerenciamento de sistemas.

Tamanho da fonte: -A+A

A Huawei Technologies acaba de adquirir a participação de 49% da Symantec na joint venture Huawei Symantec Technologies, em uma transação de US$ 530 milhões.

A transação dá à Huawei propriedade total da Huawei Symantec, que tem sede em Hong Kong e foi estabelecida pelas duas empresas em 2008, com oferta integrada de soluções de segurança, armazenamento e gerenciamento de sistemas.

“A Symantec se torna um pilar fundamental para as soluções de TIC da Huawei, e a integração das tecnologias de segurança e armazenamento da joint venture com os produtos Huawei reforçará a companhia em computação em nuvem”, afirma Guo Ping, presidente adjunto da Huawei.

Já Enrique Salem, presidente e CEO da Symantec, destaca que a companhia sai da joint venture com retorno satisfatório sobre o investimento.

“Hoje, a China é um dos mercados da Symantec com mais rápido crescimento - cresceu 46% nos três últimos exercícios fiscais”, ressalta o CEO. “A expertise adquirida com essa iniciativa também resultou no nosso crescente negócio de appliances, com uma opção que reúne software de segurança e soluções de armazenamento em um equipamento fácil de implantar", completa.

O novo acordo está sujeito a aprovações regulamentares e, segundo ele, deve ser concluído no primeiro trimestre de 2012.

Depois disso, Huawei e Symantec continuarão cumprindo seus compromissos no âmbito dos acordos existentes da joint venture, garante o executivo.

Veja também

Huawei tem celular feito no BR por R$ 400

A chinesa Huawei anuncia o primeiro smartphone montado no Brasil, utilizando algumas peças locais.

Chamado de Ideos, o aparelho vem equipado com a plataforma Android (2.2) e deve chegar ao mercado por R$ 400 ainda no mês de setembro, segundo o gerente de marketing da empresa, Marcelo Najnudel, que promete o Android mais barato do mercado.

A montagem começou em setembro e está sendo feita na planta da Flextronix, interior de São Paulo, informa o site G1.

Huawei contrata ex-CIO do Reino Unido

A Huawei contratou para a posição de gerente de ciber segurança o inglês John Suffolk, que até o final de 2010 exerceu o cargo de CIO do governo do Reino Unido.
 
Suffolk vai morar na sede da multinacional chinesa, em Shenzhen, reportando diretamente ao fundador da Huawei, Ren Zhengfei.
 
A companhia é a segunda no ranking de fabricantes de produtos de telecomunicações atrás somente da Ericsson, com vendas anuais de US$ 28 bilhões.
 

Huawei lança tablet de sete polegadas

A Huawei anunciou nessa segunda-feira, 20, um tablet de sete polegadas com o sistema operacional Android. A empresa também anunciou que está desenvolvendo um aparelho de 10 polegadas.

Victor Xu, vice-presidente de marketing da unidade Huawei Device da Huawei, disse em entrevista à Reuters que a empresa pretende estar entre as cinco maiores vendedoras de aparelhos móveis dentro de três anos, um setor atualmente dominado por empresas como Nokia, Samsung e Apple.

Motorola e Huawei desistem de processos

A Motorola Solutions e a Huawei Technologies anunciaram nessa sexta-feira, 15, que chegaram a um “acordo para solucionar todos os litígios pendentes entre as duas partes, mediante o cumprimento de certas condições”.

Na prática, as empresas desistiram dos processos por quebras de patentes em que estavam envolvidas.

Os valores da negociação não foram revelados.

Huawei deve investir US$ 350 mi no Brasil

A fabricante chinesa de equipamentos de tecnologia sem fio Huawei prometeu à presidente Dilma Rousseff investir US$ 350 milhões na construção de um centro de pesquisas na cidade de Campinas, no interior de São Paulo.

Dilma, que está em viagem pela China, ouviu a promessa do presidente da empresa, Ren Zhengfei.

Segundo Zhengfei, que encontrou-se com a chefe do executivo brasileiro nessa segunda-feira, 11, em Pequim, a empresa deve doar equipamentos no total de US$ 50 milhões para universidades.

Huawei tem novo presidente no Brasil

A Huawei, especializada em soluções de redes de próxima geração em telecomunicações para operadoras, tem um novo presidente no Brasil. Li Ke, que também é vice-presidente de Operações para a América do Sul, vai suceder Jack Wang, que esteve à frente da subsidiária por mais de três anos.

Brasoftware: cloud da MS e Symantec

A Brasoftware, uma das maiores revendas de software do país, com faturamento de R$ 250 milhões em 2010, embarcou na computação em nuvem.

Symantec promove Wagner Tadeu à VP da AL

A Symantec nomeou nesta segunda-feira, 19, Wagner Tadeu como seu novo vice-presidente para a América Latina.

Até agora, o executivo atuava como diretor geral da subsidiária brasileira.

No novo cargo, que assume em 1º de outubro, Tadeu permanecerá sediado no escritório da companhia em São Paulo, mas com foco em estratégias comerciais focadas nos mercados NOLA e SOLA (Norte e Sul da América Latina, na definição da empresa).

Informatica e Symantec focam gestão de dados

A Informatica Corporation, fornecedora de software de integração de dados, firmou uma parceria com a Symantec para oferta de soluções na área de gerenciamento de grandes volumes de dados.

Pelo acordo, a Symantec passa a revender o Informatica Data Archive, software de gestão de dados que vai incrementar o portfólio de soluções de proteção e arquivamento de e-mails e arquivos da companhia.

Symantec: Brasil é o 4° no ranking de ameaças

O Brasil é o quarto país no ranking mundial de ameaças online, é o que informa o 16° relatório produzido pela Symantec sobre o panorama das ameaças à segurança da internet.

Segundo a pesquisa embasada em dados coletados em 2010, o país registrou uma queda em relação aos ataques. Houve uma redução de 6% para 5% na participação global,  em relação a 2009. Já em 2008, o número teria fechado em 4%.

Symantec: novo diretor de Engenharia para AL

Nicholas Severino é o novo diretor de Engenharia da Symantec para a América Latina.

O executivo, que atuava como gerente de Engenharia para a região norte da América Latina, passará a liderar a equipe de toda a região responsável pelo lançamento de soluções de proteção e gerenciamento de informação.

Na Symantec desde 2001, o executivo vem de mais de 15 anos de mercado nas áreas de segurança, infraestrutura e redes de diversas companhias.

Faturamento da Symantec cresce 3%

A Symantec Corporation obteve receita líquida de US$ 6,19 bilhões no ano fiscal encerrado em 1º de abril de 2011. O faturamento foi 3% maior que o obtido no ano anterior.

Já o lucro líquido foi de US$ 597 milhões no ano fiscal.

Symantec compra Clearwell por US$ 390 mi

A Symantec adquiriu a Clearwell Systems, especializada no mercado de e-discovery, arquivamento e backup.

A compra foi fechada em aproximadamente US$ 390 milhões, saldo líquido de cerca de US$ 20 milhões atualmente em caixa da Clearwell.